Especiais do Indy Center

O uruguaio bi-vice-campeão da principal categoria de acesso à fórmula Indy retorna aos Estados Unidos em busca do título da categoria e subir finalmente à Indy.


Foi anunciado na terça-feira (4 de fevereiro) o segundo piloto da HMD Motorsports, e o anúncio marca a volta do uruguaio Santiago Urrutia as corridas americanas!

Urrutia tem apenas 23 anos, mas possui uma carreira considerável no automobilismo. começou na Europa, mas a falta de dinheiro fez com que ele não conseguisse avançar mais do que a GP3 no velho continente e, num movimento bem típico da época, ele migrou para os Estados Unidos, entrando na Pro Mazda em 2015.

Santiago Urrutia foi campeão da Pro Mazda logo na temporada de estreia e, no ano seguinte, estreou na Indy Lights pela extinta Schmidt Peterson Motorsports. Ele brigou durante todo o ano pelo título com Ed Jones e era campeão até a última volta, quando foi superado por um ponto e ficou com o vice. No ano seguinte, com a falência da SPM, Urrutia entrou na Belardi e, num ano bem disputado ele se recuperou nas últimas cinco provas, mas não teve gás para superar Kyle Kaiser e amargou mais um vice-campeonato. Em 2018 ele continuou na Lights e pela própria Belardi que é uma das equipes médias do grid e foi o melhor do resto com as Andrettis de Pato O'Ward e Colton Herta voando na frente e Urrutia em terceiro.



Mas, mesmo passando perto do título várias vezes, Santiago Urrutia nunca esteve muito perto de entrar na Indy. Sem grandes patrocínios com exceção da Ancap Uruguaia e sem grandes contatos com os donos das equipes da Indy, que vira e mexe investem em pilotos, Santiago não conseguiu pleitear por uma vaga na categoria principal. Assim, não muito afim de fazer uma quarta atemporada na Lights sem grande perspectiva de subida, Urrutia foi para novos ares, correndo de turismo na TCR Europeia.

Mas em 2020 ele está de volta a Indy Lights. Por quê?

Bem, o status quo da Indy Lights quase não mudou. A Andretti Autosport ainda é o suprassumo da categoria e o resto ainda está um pouco atrás. Ele não vem mais com o apoio da Ancap Uruguaia, e ainda não possui grande contato com alguém grande nas equipes na Indy.

A diferença é que, agora, ele está sendo pago para correr. A HMD Motorsports é uma equipe que estreou no ano passado e vem conseguindo melhorar seus resultados, mas o fato de ter dois pilotos novatos pode ter atrapalhado as vezes. Ter um piloto bastante experiente, tendo em vista que o chassi e o motor não mudaram desde 2015, pode dar o gás a mais que melhore a equipe para bater de frente com a toda poderosa Andretti.



Confirmados até o momento na Indy Lights:

Andretti Autosport: Robert Megennis, Kyle Kirkwood, Danial Frost.
Belardi Auto Racing: Rasamus Lindh, Toby Sowery.
Exclusive Autosport: Nikita Lastochkin.
HMD Motorsports: David Malukas, Santiago Urrutia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário