Especiais do Indy Center

O carro #14 da AJ Foyt Racing será dividido por três pilotos durante a temporada: o brasileiro Tony Kanaan nos ovais, Sebastien Bourdais nas três primeiras etapas do ano e Portland e o estreante Dalton Kellett nos mistos restantes.


Foi anunciado ontem (4 de fevereiro) todo o cronograma de revezamento do #14 da AJ Foyt Racing. A equipe de AJ e Larry Foyt anunciou anteriormente que Tony Kanaan, que vem pilotando nas duas últimas temporadas, terá de dividir o carro com o francês Sebastien Bourdais e com o canadense Dalton Kellett.

O cronograma será assim: Bourdais pilotará o segundo carro da Foyt nas três primeiras etapas do ano em St. Pete, Long Beach e Barber. Depois, Dalton Kellett e Tony Kanaan revezarão o carro, onde o brasileiro o assume nos ovais e o novato corre nos mistos, além de um carro extra na Indy 500. Isso até Portland, quando Bourdais volta ao volante do #14 e, na etapa final em Laguna seca, o segundo carro da Foyt será pilotado por Kellett novamente.

A grande novidade fica por conta da presença de Dalton Kellett. O canadense de 26 anos apesar de fazer sua estreia na Indy Principal, já possui longa história no Road to Indy. Kellett corre nela desde 2012, fazendo no total duas temporadas na USF2000, duas temporadas na Pro Mazda e quatro temporadas na Indy Lights, ficando dois anos na Pabst, uma nao na Team Pelfrey, quatro anos seguidos na Andretti Autosport e a última temporada na Indy Lights correndo pela Juncos Racing.

No entanto, mesmo com 70 provas disputadas na Indy Lights e 129 provas disputadas nas três categorias do Road to Indy, Dalton Kellett não conseguiu uma vitória sequer, tendo como melhores resultados um segundo lugar em Iowa na pro Mazda em 2015 e seis terceiros lugares na Indy Lights durante as quatro temporadas disputadas lá.

Mesmo com pouco resultado em uma extensa carreira de boas equipes, o canadense conseguiu subir à Indy. Isso se deve principalmente ao dinheiro da família Kellett, que comanda a K-Line Insulators e comanda boa parte das linhas de transmissão de energia elétrica da américa do norte. Não por acaso a K-line é a principal patrocinadora de Dalton Kellett durante toda sua carreira, e na Indy não será diferente.

O dinheiro da família conseguiu garantir ao canadense oito provas no #4 e um carro extra apenas para disputar as 500 milhas de Indianápolis. E, com o dinheiro do patrocínio de Kellett, a equipe conseguiu garantir Tony Kanaan em todos os os cinco ovais do ano e conseguiu contratar Sebastien Bourdais nas três primeiros corridas do ano e em Portland, quando o francês não estará envolvido com o campeonato de Endurance que vem disputando pela JDC Miller.

E, com a garantia do #4 estar presente durante todas as provas do ano, chegamos a 22 carros que farão a temporada completa, além de 24 carros confirmados para a primeira prova do ano em St. Petersburg, dia 15 de março!

Nenhum comentário:

Postar um comentário