Especiais do Indy Center

O canadense Parker Thompson parte para sua quinta equipe difernete no Road to Indy, tentando se achar na Indy Pro 2000, enquanto Jacob Abel se absteve de tudo isso e corre na equipe do pai, a Abel Motorsports.


Vamos a cada um deles:

Parker Thompson entra na DEForce Racing para a temporada 2020.

Foi anunciado no dia 17 de dezembro do ano passado o terceiro piloto da DEForce Racing, e ele é o canadense Parker Thompson.

O jovem de 21 anos tem uma das vidas mais vitoriosas já vista por alguém que fez mais de três anos no Road to Indy. Em cinco temporadas (três na USF2000 e duas na Pro Mazda/Indy Pro 2000) ele foi vice-campeão por duas oportunidades, nas USF2000 em 2016 pela Cape Motorsports e no ano retrasado na Pro Mazda pela Exclusive Autosport, além de outros dois terceiros lugares e seu ponto mais baixo, um quinto lugar no campoenato na temporada de estreia na USF2000 em 2015.

Thompson já soma doze vitórias no Road to Indy, sendo cinco na categoria atual dele, a Indy Pro 2000 e, no ano passado, mesmo correndo pela mediana Abel Motosports, conseguiu ainda duas vitórias, oito pódios e terminou o ano no terceiro lugar no campeonato.

Então, porque Parker Thompson não sobe?

Bem, é uma mistura de falta de dinheiro e falta de contatos. O canadense não tem aporte financeiro consigo e nenhum patrocinador pessoal, além de ainda não conseguir contato mais próximo com muita gente que podem fazer sua carreira finalmente alavancar. Apesar de Thompson ser uma pessoa bastante engajada, participando de programas como o Drive to Stay Alive, e fazer várias ações com seus fãs (a ponto de ter uma base sólida de fãs apesar de não ter passado da Indy Pro 2000 ainda), ele não fez contato com as pessoas certas.

Daí, só resta uma opção: ser campeão. E a DEForce pode dar essa alavancada. Apesar de não ser a melhor das equipes, os irmãos Martinez possuem equipamento e estrutura bem melhores que a da pequena Abel Motorsports, fazendo com que Thompson, com sua experi~encia e expertise, possa lograr o título.

Ou apenas bater na trave de novo.

Abel Motorsports confirma presença na Indy Pro 2000 com Jacob Abel

Durante o teste de fim de ano, em um press release meio perdido anunciando que Flinn Lazier testaria pela equipe, foi "confirmado" que Jacob Abel estará de volta na Indy Pro 2000.

Foi "confirmado" porque: não houve um anúncio dizendo com todas as letras que Jacob Abel correrá a temporada completa pela Abel Motorsports, no entanato, nesse mesmo press release tinha o piloto declarando que "estou pronto para encarar o começo de mais uma temporada" e "queremos estar o mais forte possível para St. Pete". Junte isso com o fato de Jacob Abel ser o filho mais velho do dono da equipe, Bill Abel, e temos uma confirmação.

Jacob Abel correu a temporada  quase completa tanto da Indy Pro 2000 no Road to Indy quanto da F-3 Americas. Apesar do sucesso maior na F-3, onde conseguiu duas vitórias e mais seis pódios contra apenas dois Top 5 na Indy Pro 2000, Abel optou por ficar mais constantemente na categoria do Road to Indy.

Isso porque a Indy Pro 2000 tem uma visibilidade maior do que a sua "rival" da SCCA. Apesar de Abel poder correr em ambas as categorias, parece que a Abel Motorsports está se alavancando no Road to Indy, então é bom se manter na categoria.



Confirmados até o momento na Indy Pro 2000:

Abel Motorsports: Jacob Abel. 
DEForce Racing: Kory Enders, Moisés de la Vara, Parker Thompson, Manuel Sulaimán.
Exclusive Autosport: Braden Eves.
Pabst Racing: Colin Kaminsky.
RP Motorsports USA: Lucas Petersson.
Team BENIK: Sabré Cook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário