• [LIGHTS] Juan Piedrahita fará outra temporada na Indy Lights pela Team Pelfrey IL

    Mais uma vez, de novo, novamente. Juan Piedrahita fará sua quarta temporada ao renovar seu contrato com a Team Pelfrey Il (sim, a equipe mudou de nome) para 2017. Mas o alvo agora é outro: recordes.


    O pesadelo foi anunciado hoje (3 de fevereiro) em um press release que tinha cerca de dez linhas e uma imagem do piloto de capacete. Gary Neal e Yves Touron, dono da Team Pelfrey e presidente da Team Pelfrey IL, respectivamente, anunciaram que a parceria com o dinheiro de Juan Piedrahita e a Telmex permanecem para esse ano também.

    Esse aparente desânimo tem motivo: o retrospecto do piloto.

    Juan Piedrahita estreou na Indy Lights depois de três anos de Pro Mazda (faz tanto tempo que a categoria ainda se chamava Star Mazda apesar de quase não ter estrelas na categoria na época) pela glamurosa Schmidt-Peterson, em 2014. Desde então passou pela Belardi no ano seguinte e, em 2016, entrou na Team Pelfrey até Mid-Ohio, onde pilota atualmente.
    Piedrahita na estreia dele na Lights, em 2014.
    Agora, aos 25 anos, o piloto caminha para sua quarta temporada na categoria.

    No total, foram 43 corridas na Indy Lights e 95 corridas no Road to Indy (somam-se as 12 corridas de USF2000 e as 40 corridsa de Pro/Star Mazda) e zero vitórias. Ele é o piloto que mais correu no Road to Indy.

    Mas o objetivo na categoria agora são recordes. Infelizmente, devido ao pódio que ele não conseguiu evitar de ganhar em Milwaukee-2105 (seu único pódio na carreira, quando largaram onze carros) ele não conseguirá bater o recorde de maior número de corridas na Indy Lights sem pódio, esse recorde ainda pertence a Rodolfo Lavin Jr., com 58 corridas sem pódio.

    Mas ele ainda concorre a maior número de corridas sem vitória e maior número de corridas no geral. Ambos os recordes pertencem a Arie Luyendyk Jr., com 66 corridas e uma vitória,conquistada em sua 63ª corrida na categoria (Chicagoland, 2008).

    Ele na Lihgts, no ano passado.
    E por falar em Team Pelfrey, que agora é Team Pelfrey IL, a equipe amarela e preta fez algumas modificações no gerenciamento das equipes, separando-as em setores e até colocando presidentes para cada uma delas, como se fossem definitivamente bem separadas (Team Pelfrey IL para a Lights, Team Pelfrey PM para a Pro Mazda, Team Pelfrey 2000 para a USF2000 e Team Pelfrey 1600 para a FF-1600), uma coisa não mudou: a falta de dinheiro da equipe na Lights. Desde quando a Pelfrey comprou a extinta 8-Star Motorsports, em 2015, o fator financeiro foi preponderante e o orçamento curtíssimo, fazendo a equipe tomar decisões como essa.

    Infelizmente, parece que 2017 seguirá o mesmo padrão, bem, pelo menos, é o que a renovação com Piedrahita mostra. A equipe é boa, por incrível que pareça, mas a falta de grana sempre atrapalha.

    Quem será o companheiro de Piedrahita na Team Pelfrey IL? Só saberemos em breve!




    Os pilotos anunciados na Indy Lights:

    Andretti Autosports:

    Belardi Auto Racing:
    Nicolas Dapero.

    Team Pelfrey IL:
    Juan Piedrahita.
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário