Lights: Belardi já acerta sua dupla de pilotos.

A Belardi Auto Racing costuma ser aquela equipe média que dá chance para pilotos bons mostrarem alguma coisa no grid da Indy Lights. A contratação de Aaron Telitz e Shelby Blackstock está nesse padrão?
A ex-atual campeã.
A equipe vermelha e branca do grid anunciou a sua dupla de pilotos que vão competir por ela em 2017. Brian Belardi, depois de fechar sua equipe na USF2000, em 2014, vem conseguindo manter a equipe no azul, e conseguindo contratar bons pilotos para todos dizerem "Ah, aquele piloto é bom, pena que está numa equipe média, merece chance melhor.", porque a equipe em si não é tão boa. E a equipe fez isso novamente.

Depois da grande tristeza em saber que Dalton Kellett é realmente rico e insistente o suficiente para continuar na Indy Lights, meu coração se animou um pouco com duas boas presenças: os amigos Shelby Blackstock e Aaron Telitz.
Terceiro ano, segunda tentativa.
Shelby Steven McEntire Blackstock passou toda a carreira na Andretti. Desde 2012, Shelby entrou na Andretti pela USF2000, no ano seguinte subiu para a Pro Mazda, ficou lá por dois anos e, no ano passado passou para a Indy Lights, onde está desde então. Entretanto, os resultados não vieram em profusão; nos anos iniciais a culpa principal dessa falta de resultados é a própria equipe da Andretti, que não tinha grande equipe nas duas categorias mais abaixo no Road to Indy.

O primeiro ano dele na Indy Lights também teve o mesmo problema: a Andretti entrou numa grande crise na Indy principal e afetou com força na Indy Lights, onde Matthew Brabham, seu companheiro de equipe na época, teve até de parar de correr após a terceira etapa do campeonato, e Shelby continuou sozinho no campeonato, geralmente brigando no fundo do Grid com Scott Anderson e Ethan Ringel.

Nesse ano, com um programa bem mais decente na equipe, Blackstock subiu para o meio do grid, se tornando o novo Zach Veach da Indy Lights, pois ambos ficaram dois anos na Pro Mazda, dois anos na Indy Lights e, apesar dos resultados consistentes, não conseguiram alçar à categoria principal e foram abandonados pela Andretti. Apesar de tudo, o americano de 26 anos conseguiu uma nova chance de mostrar serviço (aparentemente, é para isso que serve a Belardi ultimamente) principalmente pelo apoio de sua cunhada, Kelly Clarkson.

Entretanto, apesar da falta de resultados, Shelby Blackstock é um piloto bastante regular e tem a cabeça no lugar, ao contrário de grande parte do grid nos anos passados. Uma segunda chance podem fazer bem ao piloto.
Atual campeão da esvaziada Pro Mazda.
Enquanto Blackstock rumava seu caminho rumo à Indy pela Pro Mazda, em 2013, Aaron Telitz corria de Kart quando não tinha que trabalhar no Hotel-Fazenda de seus pais, no interior do Winsconsin. Até que o jovem Winsconsiano resolve correr nos monopostos.

E uma combinação de eventos o colocam na Indy Lights em três anos.

No ano seguinte, Telitz entra na USF2000 por uma das menores equipes do grid, a ArmsUp Motorsports (sim, a do Franzoni esse ano), patrocinado pelo hotel de seu pai. Ele vai bem, chama a atenção dos irmãos Cape e consegue uma vaga na Cape Motorsports with Wayne Taylor Racing, a melhor equipe do grid. ele não vai bem esse ano, se mostrando bem irregular e sendo humilhado pelo seu companheiro de equipe, Nico Jamin.

Ambos conseguem subir para a Pro Mazda, e Telitz o faz pela Team Pelfrey, e o fez na hora certa, quando o grid da categoria estava bem esvaziado e a então melhor equipe da categoria (Juncos Racing), contratou pilotos não tão bons assim para correr aquele ano. Com isso, Telitz teve que disputar apenas com seu companheiro de equipe, Pato O'Ward, e como alguém chamado Pato ganhar um título seria bem estranho, Telitz ganhou fácil. 


Agora Telitz ingressa na Belardi, para consolidar seu papel de bom piloto (ele é bom mesmo, só precisa melhorar a regularidade) e o fato de estar na hora certa no lugar certo. Telitz não tem muito dinheiro para bancar um carro da Indy Lights, e muito menos um carro da Indy principal, então ele vai precisar mostrar muito trabalho.


Fonte: Site oficial da Indy Lights e Motorsport.com



Os pilotos anunciados na Indy Lights:

Andretti Autosports:

Belardi Auto Racing:
Nicolas Dapero.

Team Pelfrey IL:
Juan Piedrahita.

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário