Especiais do Indy Center

Em um dia de testes que foi atrapalhado pela chuva no final, Danial Frost voltou da Lights para a Indy Pro 2000 e foi o mais rápido do dia.

Carro Road to Indy

E, finalmente, começou a primeira atividade da temporada 2020 da Indy Pro 2000, com uma rodada dupla em Road America! A quinta-feira foi dedicada apenas a treinos livres tanto desta categoria como da USF2000, já que não foram realizadas muitas atividades de treinos além das que aconteceram em fevereiro, a cinco meses atrás. O dia teve quatro sessões de 45 minutos cada, sendo as três primeiras livres e apenas a última delas uma sessão oficial do fim de semana.

Um dos pontos principais dessa temporada é a ausência da RP Motorsports USA. A equipe foi a campeã do ano passado, dominando-o de forma incrível e quase sem concorrentes, fazendo com que sua ausência causasse uma vacância de liderança, no qual temos alguns personagens loucos para ocupá-la. Durante todas as quatro sessões, vimos os mesmos personagens se dando melhor: os quatro principais pilotos mais experientes do grid: Danial Frost (Turn 3 Motorsports), Artem Petrov e Sting Ray Robb (ambos da Juncos Racing) e Parker Thompson (DEForce Racing), além do estreante Delvin de Francesco (Andretti Steinbrenner Racing). Vejamos o que esperar de cada um deles:

Danial Frost é um dos principais favoritos ao título. O piloto de Cingapura subiu para a Lights depois de terminar em quinto na Indy Pro 2000 no ano passado, conquistando duas vitórias nesse curso. Para esse ano estava escalado para correr pela Andretti Autosport na Indy Lights, mas como a categoria não correrá esse ano, Danial acertou de última hora para correr pela pequena Turn 3 Motorsports na Indy Pro 2000 com apoio técnico da Andretti para esse carro e voltando a Lights no ano que vem. Frost usou sua experiência e liderou tanto a primeira sessão de treinos livres (fazendo o melhor tempo do fim de semana) quanto também a única sessão de treinos oficial, onde poucos foram a pista pois esta estava molhada devido a uma chuva que caiu pouco antes em Road America.

O principal rival de Frost nessa temporada e em Road America também será a equipe Juncos Racing, como podemos ver nos treinos, onde Artem Petrov superou Frost e liderou a segunda e a terceira sessões livres, com Robb ficando em terceiro nas mesmas sessões. A equipe argentina costumava sempre estar na frente na antiga Pro Mazda (que se tornou Indy Pro 2000 posteriormente) mas, devido a várias crises financeiras, a equipe vinha sendo alcançada e superada constantemente nas últimas três temporadas.

No entanto, o ano de 2020 para ser de recuperação para a equipe de Ricardo Juncos, o que a coloca novamente na briga pelo título, bem como seus dois pilotos, o americano Sting Ray Robb (que segue para sua terceira temporada na categoria, terminando esses campeonatos na sétima e quarta posição, respectivamente, sem vitórias ainda na categoria) e o russo Artem Petrov (que fez toda sua carreira automobilística na Europa mas, depois de correr na FIA F-3, acabou migrando para os Estados Unidos no meio do ano passado, correndo cinco provas na Indy Pro 2000 e conseguindo dois quintos lugares).

Além deles temos também o eterno favorito ao título mas que quase sempre fica no quase, Parker Thompson. O canadense segue para sua terceira temporada na categoria e sexta temporada no Road to Indy, tendo uma das carreiras mais vitoriosas e bem sucedidas no programa, tendo em vista que ele terminou as últimas quatro temporadas entre os três primeiros colocados. Mas o grande problema de Thompson é o auxílio financeiro, já que o canadense quase sempre não o possui e, junto ao fato de ficar sempre no "quase" do título e não ganhar as bolsas do Road to Indy, o canadense fica sempre com a carreira estagnada.

No ano passado, mesmo correndo na pequena Abel Motorsports, Thompson conseguiu três vitórias e terminou o campeonato na terceira posição, depois de brigar pelo título até a etapa final em Laguna Seca. Um ótimo resultado para ele, mas não o suficiente para ele conseguir apoio para subir para a Lights. Nesse ano, ele correrá pela DEForce Racing, sua quinta equipe na carreira do Road to Indy, e uma equipe que geralmente ocupa o meio do grid, mas pode dar mais suporte do que a Abel Motorsports e ajudar Parker Thompson a chegar ao tão sonhado título. Ele fez o segundo tempo na segunda e terceira sessões livres.

E, para finalizar, temos a Andretti Steinbrenner
Delvin defrancesco road america
Autosport, que volta a categoria depois que a temporada 2020 da Indy Lights foi cancelada, tendo em seu volante o ítalo-canadense Delvin de Francesco, que teve uma carreira vitoriosa no kartismo e subiu para os monopostos em 2016. Focando mais na Europa, de Francesco chegou até a disputar a FIA F-3 no ano passado, mas acabou voltando as origens e ao automobilismo americano esse ano. Sendo um dos discípulos de Michael Andretti e sendo amigo de George Steinbrenner, de Francesco mirava correr na Indy Lights, mas com a temporada cancelada acabou correndo na Indy Pro 2000 mesmo.

De Francesco e a Andretti Steinbrenner mostraram sua força logo no primeiro dia, fazendo o segundo melhor tempo da primeira sessão livre e da sessão oficial, terminando com o terceiro melhor tempo no geral.

Ou seja, até o momento, parece ser uma briga de cinco opções. No entanto, temos uma grande incógnita na Indy Pro 2000: a Pabst Racing.

A equipe de Augie Pabst III reestreia esse ano na categoria já que esteve fora dela desde 2013, mas já tem uma longa história semi-vitoriosa na USF2000 (já que a única equipe que realmente ganha títulos na USF2000 é a Cape Motorsports). Em seu primeiro dia de volta a equipe como um todo demorou para pegar o ritmo e os ajustes, mas já no último treino do dia, mesmo este sendo atrapalhado pela chuva, Hunter McElrea (vice-campeão da USF2000 ano passado pela própria Pabst) alcançou o terceiro tempo e Colin Kaminsky conseguiu o quarto melhor tempo na primeira sessão, terminando os treinos com o quinto melhor tempo no geral.A equipe alvinegra é especialista em surpreender no lado positivo, e pode usar isso para animar ainda mais o campeonato!


O treino classificatório e as duas provas da Indy Pro 2000 em Road America acontecem hoje! Até lá e acompanhem tudo com a gente!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário