Especiais do Indy Center

A Fórmula Indy fez história com seu formato de classificação inovador
Foto 1: Chris Owens/INDYCAR e Foto 2: Joe Skibinski/INDYCAR
Olá fãs Indyanistas! A Fórmula Indy fez história na tarde de hoje em Iowa ao realizar o primeiro treino classificatório de duas corridas simultaneamente na sua história. E já que é um dia histórico, então foi histórico em grande estilo também para Conor Daly e para a Carlin Racing que conquistaram o primeiro lugar no grid pela primeira vez na categoria! E teve festa também na equipe de Josef Newgarden que faturou a pole da corrida 2.

Pela primeira vez a Indy adotou um sistema de classificação em oval onde ao invés de calcular a média de duas voltas, foi computada a média da primeira volta para gerar o grid da corrida 1 e a média da segunda volta para a formação do grid da corrida 2. E para definir a ordem de entrada na pista, a Fórmula Indy decidiu simplesmente inverter a classificação do campeonato e colocar os carros na pista.
Marco Andretti foi o primeiro a classificar e fez duas voltas modestas. Na sequência, Jack Harvey fez duas voltas sólidas e mais rápidas que o que vimos no treino livre. 171.611 mph na primeira volta e 172.523 mph na segunda volta. Depois Tony Kanaan deu duas voltas modestas porém melhores que a de Andretti. Oliver Askew superou Kanaan na primeira volta mas não foi melhor na segunda volta. E Harvey seguia na pole das duas corridas.

E foi na tentativa de Alexander Rossi que começou o carnaval na formação do grid das duas corridas. Ele fez boa primeira volta com 172.263 mph e assumiu a pole da corrida 1 mas na segunda volta a média foi o pífio 168.639 mph. Naquele momento, Rossi era pole na primeira corrida e último colocado da segunda corrida.

Sato veio pra pista e fez uma primeira volta razoável que lhe colocou em segundo na corrida 1 porém ele quase foi vítima de um bump no final da segunda volta e ficou em penúltimo para a corrida 2. Logo depois, outros pilotos vieram pra pista e fizeram voltas medianas até que chegou a vez de Conor Daly fazer suas voltas de classificação

Logo na primeira volta, ele fez 175.188 mph, o tempo mais rápido do fim de semana até aquele momento, e na segunda volta fez 174.960 mph. Foi o suficiente para pular para a pole das duas corridas e ainda com larga margem de diferença para o restante que já havia classificado.

Novamente houveram mais algumas voltas medianas até a chegada de Will Power. O australiano foi muito bem na primeira volta com 174.807 mph mas não foi o suficiente para superar Daly, contudo, ele conseguiu superar na segunda volta com 175.024 e ficar com a pole provisória da corrida 2. E as coisas ficaram ainda mais quentes quando Josef Newgarden fez as suas voltas de classificação.

Newgarden cravou 175.107 mph na primeira volta e 175.333 na segunda volta. Quase tomou a pole de Daly na corrida 1 e tomou a pole que era de Power na corrida 2. Mais adiante na tomada de tempos, Pagenaud não soube esquentar o motor do seu carro e teve problemas de pressão do combustível. A equipe tentou religar o carro e não conseguiu e foi obrigada pelos fiscais a recolher para a garagem e ceder a vez para o próximo. Por conta desse incidente, Pagenaud será o último colocado na largada das duas corridas.

O clima continuava tenso pois Scott Dixon seria o último a fazer as voltas de classificação. E para surpresa geral, o desempenho de Dixon foi apático e irreconhecível. O líder do campeonato sairá apenas em décimo sétimo lugar na corrida 1 e em décimo oitavo na corrida 2. Na sequência, houve muita festa nos boxes da Carlin e uma comemoração tímida pelo lado da Penske.

Grid para a corrida 1:
Grid para a corrida 2:
A corrida 1 está marcada para logo mais às 22h15 enquanto que a corrida 2 acontecerá amanhã às 21h45. Até a próxima!

Saiba mais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário