Post Page Advertisement [Top]

Duas equipes, uma novata e outra veterana na USF2000, já se definiram para a temporada 2019 da categoria.


Depois da Miller Vinatieri Motorsports, da Cape Motorsports e da Pabst Racing Services, mais duas equipes estão acertadas para a temporada da USF2000 que vai se iniciar esse ano. Vejamos as notícias, uma de cada vez:

Newman Wachs Racing confirma em dois dias seus piltos para a temporada seguinte.

A Newman Wachs Racing, equipe que esteve no meio do grid desde que estreou, em 2017, confirmou seus dois pilotos e seus planos para esse ano em apenas dois dias.
Siegel tem 14 anos, mas parece que tem só 9.

Primeiramente, no dia 13 de fevereiro, a Newman Wachs confirmou a estreia de Nolan Siegel. 

O americano de apenas 14 aninhos entrará para o mundo dos monopostos direto na USF2000, depois de cinco anos no kartismo, tanto pela SKUSA como pela ROTAX.

No dia seguinte a esse anúncio veio a confirmação de Cameron Shields. 

O australiano de Toowoomba está com 18 anos, e esteve na F-Ford Australiana e na F-3 Australiana desde 2015, onde lá obteve várias vitórias e chegou a ser vice-campeão da F-Ford em 2017 e da F-3 Australiana no ano passado.

Christian Rasmussen e Matthew Round-Garrido estreiam pela Jay Howard Driver Development

E, na equipe estreante desse ano na USF2000 irá para St. Petersburg com três carros! Além do já anunciado em novembro Christian Bogle, a equipe anunciou em fevereiro mais dois pilotos para completar seu plantel.

No dia 8, foi anunciado a subida de Christian Rasmussen para a USF2000. O dinamarquês de 18 anos, depois de fazer uma carreira de duas temporadas no automobilismo de monopostos da Dinamarca, onde foi vice-campeão da F-Ford em 2016 e terceiro colocado no campeonato da F4 correndo pela equipe do Jan Magnussen, entrou no automobilismo americano no ano passado, disputando a F4 USA. A estreia em solo americano foi produtiva, com Rasmussen conseguindo cinco vitórias em 17 provas e um terceiro lugar no campeonato, perdendo apenas para dois pilotos que já tinham experiência no Road to Indy: Dakota Dickerson e James Raven.
Round-Garrido já testou pela Jay Howard esse ano.
Rasmussen terá como companheiro o britânico Matthew Round-Garrido. O piloto de 18 anos correu os últimos três anos em categorias de F-Ford birtânicas (seja a inglesa, a escocesa ou a irlandesa), quando conseguiu uma vaga no Road to Indy Shootout desse ano ao ser campeão do Northern Irish Formula Ford Championship. Apesar de não ter ganho a bolsa de 200 mil dólares, Round-Garrido conseguiu um contato maior com as equipes e o automobilismo americano e, com seus patrocínios pessoais, foi possível alcançar uma vaga na Jay Howard Driver Development.



Todos os pilotos são novatos e não há muita expectativa sobre eles (talvez com exceção sobre Chrisitan Rasmussen, pos seus resultados nos EUA)



Pilotos já confirmados na USF2000:

Cape Motorsports

Reece Gold 
Braden Eves


Jay Howard Driver Development

Christian Bogle

Christian Rasmussen
Matthew Round-Garrido

Marotti Racing


Jason Reichert

Miller Vinatieri Motorsports

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]