Post Page Advertisement [Top]

As duas principais equipes da primeira categoria do Road to Indy já estão prontas para a temporada 2019 da categoria. Vejamos dquem pilota por cada uma das duas equipes no ano que vem?


Começando pela campeã do ano passado (e também a campeã de todos os campeonatos desde 2011), a Cape Motorsports:

Cape Motorsports contrata dois americanos para tentar o eneacampeonato

A equipe que teve um piloto seu como campeão nos últimos oito campeonatos da USF2000, veio para tentar seu nono título com uma dupla "americana", por assim dizer.

Gold no nome e no carro.
No dia 29 de janeiro, foi anunciado o primeiro piloto da equipe para 2019, e o escolhido foi o americano Reece Gold. O portorriquenho tem apenas catorze anos de idade, e estreou no automobilismo de monopostos no ano passado, quando ganhou o Lucas Oil Formula Car Racing Series na segunda metade de 2018. Esse campeonato dava cem mil dólares de prêmio em patrocínio para o primeiro lugar, e Gold utilizou-o para financiar sua subida na USF2000 pela Cape Motorsports.

Já na semana passada, no dia 15 de fevereiro, a Cape Motorsports anunciou seu segundo piloto no time para esse ano, e o escolhido foi o americano Braden Eves. Ele tem 19 anos, e já corre nos monopostos desde 2017, quando entrou na F4 USA nas últimas três etapas do ano e conquistou uma vitória e terminando em sexto no campeonato. 


Eves ainda procurando seu caminho na carreira.
Para o ano seguinte, ele continuou na F4 USA mas os resultados mias modestos e os patrocínios mais curtos o fizeram parar na metade do campeonato, migrando para a F1600 SCCA e participou da última etapa do campeonato da USF2000 do ano passado.

Os anúncios mais surpreenderam do que animaram, com ambos os pilotos sem grande experiência ou mostras de grandes resultados nos monopostos entrando direto na equipe que já garantiu tantos títulos no passado. O fato é que tanto Gold quanto Eves tem um grande desafio pela frente e realmente pouca experiência (Gold tendo dirigido apenas carros de fórmula com 1600 cilindradas e Eves migrando de categoria várias vezes) mas ambos mostraram habilidade conquistando vários títulos no kartismo e resultados nos monopostos (Gold sendo campeão no primeiro campeonato que disputou e Eves conseguindo vitória nas primeiras etapas de um campeonato concorrido como a F4 USA). É questão de ver se algum deles se revela um prodígio e o próximo campeão da USF2000 nesse ano.

Pabst Racing vem com quarteto cheio de experiência para a temporada desse ano da USF2000.

A Pabst toda fazendo um teste privado em Sebring.
Para tentar bater a hegemonia da Cape, Augie Pabst veio com um quarteto muito parecido com o visto no ano passado, apesar de nenhum nome ter se repetido do ano passado para esse ano. Isso porque, a exemplo do ano passado, a equipe entrará em 2019 com três pilotos experientes e que tem muito a provar, bem como com um novato aparentemente prodígio.

McElrea sendo campeão do Road to Indy Shootout
O novato em questão é o neozelandês Hunter McElrea, que assinou com a Pabst no dia 12 de fevereiro. 

McElrea tem 19 anos de idade e corria em categorias da Oceania desde 2015 mas, no ano passado, foi campeão da F-Ford Australiana, concorreu no Road to Indy Shootout e foi campeão, ganhando o prêmio de 200 mil dólares. 

Desde então, McElrea testou tanto com a Cape quanto com a Pabst, mas acabou optando pela segunda.

Achou que ele era Indiano, né...
Antes disso, em 18 de dezembro, a equipe assinou com o americano Yuven Sundaramoorthy. O jovem de apenas 16 anos vinha correndo nas categorias da SCCA (fórmula Ford e F1600) e acabou fazendo a etapa de Mid-Ohio da USF2000 do ano passado, onde terminou duas das três corridas do fim de semana no Top 10. Agora ele se junta a Colin Kaminsky (que já tinha sido anunciado no início de dezembro) e Brauna Tomaselli, que foi anunciada essa semana, como os pilotos veteranos que partem para uma temporada completa em conjunto com a Pabst Racing.

O quarteto da Pabst tem Colin Kaminsky e Bruna Tomaselli, pilotos que vão para sua terceira temporada na categoria, buscando sair do meio do pelotão e alcançar voos mais altos. Também tem dois pilotos bem jovens e basicamente estreantes na categoria, como Yuven Sundaramoorthy e Hunter McElrea; as expectativas sobre McElrea são enormes, principalmente por ele ter vencodo o Road to Indy Shootout e ser disputado pela Pabst e pela Cape, e é onde a equipe de Augie Pabst aposta mais as suas fichas.

O conjunto da Pabst parece mais sólido e preparado para se tornar campeão quando comparado com a dupla da Cape Motorsports. Eu poderia apostar todas as minhas fichas no quarteto da Pabst para levar o título ao invés da dupla da Cape mas... Sabe como é, Cape é Cape e já foi oito vezes campeã.

O que nos resta é aguardar! O último teste antes do início da temporada acontece no fim de semana que vem, nos dias 2 e 3 de março, em Homstead-Miami, enquanto a primeira etapa da temporada 2019 da USF2000 acontece nos dias 8, 9 e 10 de março em St. Petersburg. Até lá!!



Pilotos já confirmados na USF2000:



Cape Motorsports

Reece Gold 
Braden Eves


Jay Howard Driver Development

Christian Bogle


Marotti Racing


Jason Reichert
Miller Vinatieri Motorsports

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]