Pro Mazda: Cape Motorsports e Team Pelfrey confirmam suas duplas

A Juncos está completamente ferrada. As duplas da Cape Motorsports with Wayne Taylor Racing e da Team Pelfrey são as melhores duplas que a Pro Mazda poderia ter em seu certame.
Nova contratação da Team Pelfrey
Nessa semana as duplas da principal rival da Juncos Racing foram reveladas. Na verdade, um de cada equipe (Aaron Telitz para a Pelfrey e Nico Jamin para a Cape) já tinham sido anunciados, ma agora sabemos o quanto o quarteto lá não tão promissor da Juncos terá problemas.

Vamos as duplas, separadas por equipe:

Cape Motorsports Winsconsin 250 at Wilwaukeee Indyfest with Wayne Taylor Racing presented by Nestlé.

Ex-rivais, agora BFF.
A equipe branca e azul calcinha passou meio desapercebida no ano passado, muito devido a atuação meia boca do campeão da USF2000 de 2014, Florian Latorre, e do azaradíssimo canadense Daniel Burkett. Se não fosse o segundo ano maravilhoso de Neil Alberico, as coisas estariam feias pro lado dos irmãos Cape. 

Mas, talvez para desfazer essa impressão ruim do ano passado e para todos não pensarem que a ótima temporada de 2014 foi mera sorte, a Cape promoveu o campeão e o vice-campeão da USF2000 do ano passado. Sim, Nico Jamin e Jake Eidson estarão do mesmo lado dessa vez.

Os dois destruíram a USF2000 no ano passado, conquistando, juntos, 14 vitórias em 16 provas. Entretanto, ambos tem o mesmo estilo de pilotagem, onde a regularidade prevalece perante a agressividade, podendo extrair o máximo de um carro bem acertado e vencer de ponta a ponta. foi assim com as vitórias de ambos no ano passado: quando eles assumiam a liderança, não a perdiam mais.

Entretanto, ambos tem uma diferença muito importante na hora de seguir suas carreiras: o apoio. O francês tem mais apoio financeiro, oriundo desde algumas garagens especializadas em customização de carros até lojas de roupas. No outro extremo, Jake Eidson tem quase nenhum patrocinador pessoal e, ao meu ver, sua carreira já sofreu uma atraso de um ano justamente por não ter esse aporte financeiro.  Mas, quem sabe, essa situação não mude daqui pra frente?

Team Pelfrey.

A equipe preta e amarela tem a responsabilidade de ser a atual campeã da categoria com Santiago Urrutia e, para manter a escrita de pilotos campeões, escolheu duas promessas subestimadas por aí.

Telitz.
A um bocado de tempo foi anunciado Aaron Teltiz na equipe. O pescador winsconsiano de 23 anos tem a difícil tarefa de sair da eterna promessa sem nem mesmo ter sido promessa algum dia.

Apesar de muitos, incluindo alguns famosos na escrita indyanística como Robin Miller e Curt Cavin o colocarem como futuro piloto na Indy em cinco anos, o mesmo não teve resultados tão expressivos na USF2000 e, apesar de conseguir acompanhar o ritmo de Jamin e Eidson no ano passado na USF2000, algo sempre o atrapalhava e ele fica para trás.

Tan
O seu companheiro de equipe será Weiron Tan. O malaio de 21 anos fará sua segunda temporada na Pro Mazda em sua empreitada pelos EUA. 

No ano passado, Tan se especializou em ser o Will Power da Pro Mazda, ou seja, rápido, mas burro. Ele era constantemente mais rápido em treinos livres e classificatórios, mas erros meio bestas e tentativas de ultrapassagem no mínimo esperançosas demais o atrapalharam e fizeram seu ano ser cheio de altos e baixos.

Agora ambos partem para desmistificar esses pontos negativos, ambos partem para um ano mais sólido na Team Pelfrey.

Outras?

Grid cada vez mais parecido com essa foto: Pelfrey Pelfrey Cape Juncos Juncos Cape Juncos 
E... é isso. Quatro carros da Juncos, dois carros da Cape e dois carros da Team Pelfrey, tudo o que tem na Pro Mazda até agora faltando duas semanas para o início da temporada regular e apenas uma semana para o principal teste da pré-temporada.  Além destas, apenas as paupérrimas e esforçadas M1 Racing e World Speed Motorsports deram algum sinal de vida nos testes de pré-temporada, mas nada promissor.

Isso se deve muito ao interesse de pilotos e equipes em outras categorias que não a Pro Mazda: após ver um relativo sucesso da nova Indy Lights e de ser o último ano da USF2000 com esse chassi, além da SCCA voltar com a fórmula Mazda, categoria com especificações parecidas mas com menos etapas e mais barata; o interesse na Pro Mazda caiu bastante.

Ainda é capaz de ter interesse de última hora por assentos da M1, da World Speed ou até pela JDC, que quase está encerrando suas operações nos monopostos após a saída de Michael Johnson da equipe, mas nada muito promissor até o momento, infelizmente.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário