Após dois anos, o serviço de streaming não transmitirá a Fórmula Indy para o território brasileiro.

Foi na DAZN que voltamos a ver um cronograma completo de transmissões da Indy ao invés de ficar tentando descobrir se a corrida seria transmitida ou não.


Foi anunciado ontem (30 de dezembro) que o serviço de streaming DAZN devolverá os direitos de várias atrações que ela transmitiu nesse ano de 2020, incluindo no pacote a fórmula Indy.


A DAZN vem diminuindo seu mercado dentro do território brasileiro devido a crise financeira desencadeada pela pandemia mundial, que afetou diretamente seus negócios pois vários campeonatos transmitidos por ela tiveram sua carga reduzida, afetando também as assinaturas do público. 

 

Por esse motivo, ela deixará de transmitir em 2021 a Copa da Itália, Supercopa da Itália, Major League Soccer e o Campeonato Mexicano. Além disso, devolve os direitos da Champions League das Américas de basquete e Copa Davis de tênis, e da temporada 2021 da fórmula Indy. A DAZN também reduzirá o pessoal e estrutura mínima para continuar a transmissão dos campeonatos que ainda estão disponíveis no serviço de streaming.


A DAZN transmitiu a fórmula Indy por dois anos. Com o comando da narração de César Augusto na temporada passada e André Duek esse ano, a transmissão melhorou consideravelmente principalmente quando comparado com o feito pelo grupo Bandeirantes anos antes. A categoria passou a ter seus treinos classificatórios transmitidos em português em ambos os canais e, na DAZN, a presença de pilotos brasileiros da Indy na área dos comentaristas era frequente, como Hélio Castroneves e Matheus Leist. 

 

Pode-se dizer facilmente que a presença da DAZN mas, devido a concorrência com a Bandsports, que passou a entregar material similar a DAZN mas já com uma base de fãs da Indy já acostumados a assistir as corridas em seu canal, o grupo Bandeirantes acabou levando a melhor.


Para 2021, é esperado que a transmissão fique similar ao visto esse ano. O mais provável é que Bandsports transmita a temporada completa, enquanto o canal aberto da Band transmita as 500 milhas de Indianápolis. Resta saber se ainda haverá o interesse do Bandsports transmitir os treinos classificatórios ou a Band transmitir mais provas da temporada em sua grade aberta, mas as probabilidades não são grandes.


Fonte: UOL.

Um comentário: