Post Page Advertisement [Top]

No revezamento que a equipe inglesa vem fazendo em seus dois carros essa temporada, chegou a vez de uma dupla 100% americana para pilotar nos últimos ovais do ano.


Foi anunciado anteontem (15 de agosto) que o piloto que correrá no segundo carro da Carlin tanto nesse fim de semana em Pocono quanto no fim de semana que vem em Gateway  será o americano Charlie Kimball. Como o piloto é patrocinado pela Tresbira, que gosta do número #23 por algum motivo, esse será o número do segundo carro da Carlin.

Três dias antes, nessa segunda-feira (12 de agosto) que o piloto a substituir Max Chilton e pilotará o #59 nos dois últimos ovais da temporada será o americano Conor Daly.

Com isso, pela segunda vez no ano, os dois veteranos dividirão a equipe inglesa, sendo que Kimball e Daly formaram a dupla da Carlin no oval do Texas esse ano.


Conor Daly disputou três provas na temporada até agora. A primeira prova do ano foi as 500 milhas de Indianápolis no quinto carro da Andretti, onde conseguiu seu melhor resultado até agora no ano, um décimo lugar. Depois, com Max Chilton deixando de correr nos ovais, o #59 ficou vago e Daly tratou de correr e ocupar a vaga tanto no Texas e em Iowa, quanto agora nos dois últimos ovais do ano. Além disso, ele também conseguiu uma vaga no quinto carro da Andretti para a temporada final, em Laguna Seca, fazendo desta a temporada que ele mais correu desde que não conseguiu mais fazer a temporada completa, em 2017.

Já Charlie Kimball vem experimentando pela primeira vez essa coisa de fazer aénas meia temporada. Com a diminuição do apoio da Tresbira a sua carreira, Kimball inicialmente feria apenas em quatro etapas no ano. No entanto, como o piloto que era esperado ocupar a vaga nos mistos, Pato O'Ward, entrou no Red Bull Junior Team e foi para a Super Fórmula Japonesa, sobrou mais provas com um carro vago. Kimball correu e cosneguiu se garantir em mais duas provas esse ano, nos dois últimos ovais da temporada. Até o momento, o melhor resultado de Kimball foi um 17º lugar na abertura do campeonato em St. Petersburg, ficando em 25º nas 500 milhas de Indianápolis e sendo o segundo piloto a abandonar a prova do Texas, e amargando o 21º lugar.

Assim, a Carlin está quase completa para as últimas provas do ano. Daly pilota o #59 em Pocono e Gateway, enquanto Chilton reassume sua posição pilotando o carro em Portland e Laguna Seca. Kimball pilota o #31 (que vira #23 quando ele está ao volante) e volta a correr na prova final do ano em Laguna Seca. Quem assume o #31 na corrida de Portland? Ninguém sabe ainda. Aguardemos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]