• USF2000: Kyle Kirkwood domina a única prova em oval do ano

    As atividades no Lucas Oil Raceway foram dominadas, mais uma vez, pelo campeão da F4 US do ano passado, Kyle Kirkwood. Brasileiros correm bem garantindo dois top 10.
    A quinta corrida da temporada da USF2000 chegou ao seu primeiro e único oval do ano, o Lucas Oil Raceway. Esse é um oval de 0,686 milhas (1,104 km), antigamente chamado de Indianápolis Race Park e localizado a menos de dez quilômetro do Indianápolis Motor Speedway.

    Nele ocorreram as atividades do Carb Night Classic, evento anual que acontece na sexta-feira à noite anterior as famosas 500 milhas de Indianápolis. As atividades incluíram uma corrida da USAC Silver Crown Series, uma da Pro Mazda e uma da USF2000.

    Por ser uma etapa em oval onde a batida e quebra do chassi é bem maior que num circuito misto, alguns carros não aparecem. Comparando com a etapa passada, no circuito misto de Indianápolis, houveram cinco baixas: Jamie Caroline (BN Racing), Max Peichel (ArmsUp Motorsports), o segundo carro da Swan-RJB Motorsports e os dois carros da Team Benik (pilotados por Sabre Cook e Michael d'Orlando) não compareceram a etapa em oval, que, nesse ano, daria 50% a mais de pontos para os pilotos, com o vencedor fazendo 45 pontos (ao invés de 30 em etapas normais), o segundo 38 (ao invés de 25), o terceiro 33 (ao invés de 22) e assim por diante.

    Apesar de ser um oval e os pilotos mais experientes terem alguma vantagem, o novato Kyle Kirkwood dominou todos os treinos, ficando sempre um pouco a frente de Rassmus Lindh, que foi o segundo colocado tanto no treino livre quanto no treino classificatório. O brasileiro Lucas Kohl confirmou sua boa forma ao fazer a terceira melhor média no treino classificatório e garantir a segunda fila, a frente de Keith Donegan (ArmsUJp Motorsports) e de seu companheiro de equipe Kaylen Frederick. O brasileiro Igor Fraga  conseguiu a sétima melhor média da classificação, ficando a frente da esquadra da DEForce Racing, do vice-líder do campeonato Alex Baron e da Team Pelfrey. Por Falar em Team Pelfrey, a brasileira Bruna Tomaselli vinha mantendo seu desempenho no meio do grid, mas acabou errando na sua primeira volta classificatória e acabou largando da nona de onze filas.


    Freedom 75

    Os 21 carros largaram e conseguiram completar a primeira das 75 voltas no Lucas Oil Raceway. Kirkwood manteve a ponta e Rasmus Lindh manteve o segundo lugar, enquanto Alex Baron disparou e subiu do oitavo para o terceiro lugar, passando Lucas Kohl, que se manteve em quarto. Frederick passou Donegan e subiu para o quinto lugar, enquanto Jose Sierra passava Fraga e subia para o oitavo lugar. 
    Largada.
    E essa foi a colocação nas primeira voltas. Kirkwood começava a disparar na ponta, com Lindh segurando Baron, Kohl e Frederick. Mais atrás, Donegan segurava o sexto posto dos ataques de Darren Keane, Sierra, Fraga e Ming. Tomaselli passou David Osborne pelo 17º posto.

    Tomaselli, na volta 29, era a última da turma na volta do líder, quando houve a primeira bandeira amarela. Alex Baron vinha tentando dar uma volta em Russel McDonough, quando colocou por dentro na curva três e escorregou, tocando na dianteira da BN Racing de McDonough e indo pro muro. Baron acabou ficando em último na classificação e viu a diferença de KIrkwood para ele aumentar no campeonato.

    A relargada veio na volta 40. Kirkwood consegue largar bem e dispara, enquanto Lindh tem de lidar com um retardatário e fica um pouco mais para trás. Mais atr´sa, Frederick consegue passar Kohl e assumir o terceiro lugar da prova e Igor Fraga consegue passar Darren Keane pelo sétimo lugar. 

    Mas a prova não completa nem mais uma volta em verde, pois Zach Holden e Julian van Der Watt se tocam na curva dois brigando pelo 12º lugar. Ambos saem da prova, e a segundo bandeira amarela do dia é acionada.

    A relargada é dada na volta 49, mas faltando apenas quatro minutos para o fim da prova, o suficiente para apenas mais nove voltas. Kirkwood consegue se segurar na liderança, enquanto Lindh e Frederick brigavam pelo segundo lugar. Frederick conseguiu colocar por dentro nas curvas um e dois, conseguiu uma pequena vantagem, permaneceu por dentro nas curvas três e quatro e assumiu o segundo lugar. 

    Mais atrás, a briga pelo quinto lugar ficava intensa, com Donegan tentando segurar a posição contra Sierra e Fraga. Jose Sierra consegue passar colocando por dentro de Donegan na curva um da volta 51. Depois, o irlandês brigou om o brasileiro Fraga, que conseguiu colocar de lado em alguns momento, mas não conseguiu completar a ultrapassagem antes do relógio zerar e acabou ficando com o sétimo lugar, com Donegan em sexto e Sierra em quinto.

    Lucas Kohl conseguiu se manter longe das confusões e terminou a corrida no quarto lugar,  vem fazendo um início de temporada bem regular.

    Mais a frente, depois da disputa que tiveram pelo segundo lugar, Lindh e Frederick tentaram correr para tentar diminuir a distância para o líder, mas já era tarde demais. Kirkwood vence! Frederick completa em segundo no seu primeiro pódio no ano, e Rasmus Lindh termina em terceiro.

    Resultados e pódio em cima de uma carreta vazia de caminhão.
    Coma vitória de Kirkwood e a batida de Baron, a liderança do atual campeão da F4 US ficou ainda maior. Kirkwood tem agora 154 pontos e aumentou a diferença para Alex Baron de treze para 59 pontos de diferença. Em terceiro vem Jose Sierra, com 90 pontos, pouco a frente do brasileiro Igor Fraga, com 76 pontos. Lucas Kohl vem em sétimo no campeonato com 74 pontos e permanecendo no pelotão que persegue os líderes. Bruna Tomaselli permaneceu no 17º posto do campeonato, com 35 pontos.

    A próxima etapa é uma rodada dupla em Road America, nos dias 23 e 24 de junho. Até lá!!
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário