Post Page Advertisement [Top]

Aos poucos as equipes e pilotos vão fazendo seus acertos para a temporada desse ano do primeiro degrau do Road to Indy, e, aos poucos, os brasileiros já confirmados vão tendo seus companheiros de equipe definidos.
Nunca sei qual imagem colocar em postagens com várias notícias então coloco outras novidades: a Swan e a RJB Motorsports se fundiram, mas não anunciaram mais nada até agora na USF2000.
São três pilotos em três equipes diferentes, um já veterano e dois estreantes em monopostos. Vamos começar pelo acordo do ano passado que continua esse ano:

Kory Enders permanece na DEForce Racing

Temos um piloto da "Mercedes" na USF2000.
Anunciado na terça-feira (16 de janeiro) via Twitter do piloto, @koryenders, pois a DEForce aprendeu a fazer releases como a Andretti, mostrando todos os pilotos de uma vez só, que ele permanece na DEForce Racing em 2018.

O americano de 20 anos, que tem o apoio da Speed Group (a mesma de Esteban Gutierrez e Luis Diaz) e da divisão da Mercedes-Benz do Texas, se aliou aos irmãos Martinez para ambos entrarem no automobilismo americano e no Road to Indy. Enders e DEForce estrearam no ano passado na USF2000, onde Enders foi o único a fazer a temporada completa pela equipe azul e branca dos irmãos Martinez. O resultado no final do campeonato foi um nono lugar, tendo o quinto posto em Indianápolis 2 como melhor resultado. Nada mal para um piloto estreante com equipe estreante.

Mas restava uma grande dúvida sobre a entrada de ambos para esse ano da USF2000, pois tanto a DEForce quanto Enders fizeram as últimas três etapas da FIA F4 US e, quando a DEForce confirmou que inscreveria dois carros para a temporada completa da F4 que corre em solo americano, Kory Enders era um óbvio postulante a uma das vagas.

Entretanto, o americano optou por ficar do lado certo da força e correrá sua segunda temporada na USF2000 e, sendo ele um dos poucos com experiência prévia no campeonato, tem chances conseguir um resultado ainda melhor nesse ano.

Rasmus Lindh entra na Pabst Racing

Empatia é quando você vê a imagem de uma pessoa e já simpatiza com ela na hora.
Anunciado nessa segunda-feira (15 de janeiro, dia do meu aniversário) o segundo piloto da Pabst Racing para a temporada desse ano da USF2000, e ele é o sueco Rasmus Lindh.

Lindh tem apenas 16 aninhos e está estreando no automobilismo de monopostos depois de dez anos no kartismo. Ele participou em dezembro do Chris Griffis Memorial Test, mas pela Team BENIK, e fez o nono tempo tanto no primeiro quanto no segundo dia.

O mais novo companheiro de Lucas Kohl ainda é uma incógnita, mas estrear na Pabst Racing, uma das principais equipes da categoria, dá, ao mesmo tempo, confiança de um bom equipamento e uma carga extra de pressão sobre o jovem mancebo.

O que resultará dessa combinação? Aguardemos!

Kyle Dupell estreia na USF2000 pela Team Pelfrey

E antipatia é a resposta de um piloto que não tem rede social aberta e nem fotos sem capacete decentes.
Também anunciado nessa terça-feira (16 de janeiro) o terceiro piloto do futuro quarteto da Team Pelfrey, companheiro de Bruna Tomaselli e Julian van der Watt, e ele é o americano Kyle Dupell.

O piloto americano também fará sua estreia nos monopostos esse ano, e entrou para a equipe amarela e preta pouco depois de dezembro, sem tempo hábil de fazer os Chris Griffis Memorial Test.

E... Bem... É isso do piloto, não encontro mais nada de útil pela internet.


Bem, tivemos três confirmações essa semana e ainda não tivemos manifestações sobre duas das quatro grandes equipes: a Cape Motorsports e a Exclusive Autosport. O que será que o futuro dessas equipes nos reserva??





Pilotos confirmados na USF2000:

Cape Motorsports:
Kyle Kirkwood

DEForce Racing:
Kory Enders
José Sierra

Exclusive Autosport:
Igor Fraga
Jayson Cluine
Manuel Cabrera

Newman Wachs Racing:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]