Piloto do dia: Marco Andretti

Uma série nova para entreter vocês na silly season gigante da Indy. Juntamos cinco dos escritores do site (Daniel Palermo, Filipe Dias Dutra, Marcelo Augusto, Matheus Antônio da Silva e Rômulo Silva) para comentar sobre a temporada de 2017 de todos os pilotos.


Marco Andretti se encaminhou para a décima segunda temporada na Andretti Autosport. Apesar de passar próximo do pódio em Toronto e no Texas, houve apenas mais do mesmo, e acabou o ano sendo o pior piloto da Andretti na temporada, no 12º lugar.

No ano:                                               Na carreira:
Corridas: 17                                        Corridas: 195
Vitórias: 0                                           Vitórias: 2
Pódios: 0                                             Pódios: 20
Top 5: 1                                              Top 5: 40
Top 10: 5                                            Top 10: 92


Como foi o 12º ano do da terceira geração de Andrettis na Indy?

Rômulo Silva: Muito ruim. É incrível como ele não consegue aproveitar o equipamento que possui.

Filipe Dias Dutra: Corrijam-me se eu estiver errado, mas este foi o pior ano do Marco na Indy. Um fiasco, um fiasco. Mostrou que, se não fosse um sobrenome, já estaria pilotando no Pirelli World Challenge faz tempo.

Daniel Palermo: Foi ruim, como a maioria de suas temporadas na Indy.

Matheus Antônio da Silva: O pior Andretti da atualidade trabalhou muito a regularidade nos últimos anos, e chegou ao nível de ser tão regular que nem pódios esporádicos consegue mais.

Marcelo Augusto: Mais um ano tenebroso. No final ele até melhorou um pouco, mas continua péssimo. Pra ele ser considerado um piloto ruim, precisa melhorar bastante ainda.


Marco sustenta o maior jejum de vitórias dos pilotos atuais, esse jejum está próximo de ser quebrado??

Rômulo Silva: Parece loucura, mas a Indy é uma categoria que permite alguns resultados surpreendentes. Numa dessas ele pode se dar bem numa estratégia, ou numa bandeira amarela e conseguir uma vitória daquelas pra deixar nossos bolões jogados no chão. Ou seja, vai que dá zebra...

Filipe Dias Dutra: Acho que não. Infelizmente, pra ele.

Daniel Palermo: Equipamento para vencer ele tem, mas não possui muito talento para isso. Conta com a sorte para conseguir beliscar alguma vitória na próxima temporada.

Matheus Antônio da Silva: Sabe aquele ditado 'nunca diga nunca'? Então, acho que não se aplica nesse caso, e acho que tem mais um ano de seca pra ele.

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário