USF2000: Veekay vence a prova final em Watkins Glen, mas é Askew que leva o campeonato

Com uma ultrapassagem ainda na largada, Rinus VeeKay conseguiu vencer mais um duelo com Oliver Askew, mas o americano foi quem venceu o campeonato.


E no último final de semana da USF2000 nesse ano, no circuito de Watkins Glen, tivemos apenas uma prova no fim de semana. Para esse fim de semana, a Newman Wachs trouxe o irlandês Niall Murray, que se cansou de pilotar carros da Fórmula ford 1600; e a Team Benik ressuscitou Callan O'keeffe, que disputou a F2000 da SCCA; com a ausência da John Cummiskey Racing o grid voltou a ter vinte carros no fim de semana.

Para incomodar Oliver Askew e a Cape Motorsports e os pilotos da Pabst Racing, os pilotos da DEForce e David Malukas, da BN Racing se juntaram no pelotão da frente. A Pabst Racing liderou os dois treinos livres de sexta-feira com Rinus VeeKay pela manhã e Calivn Ming à tarde; Oliver Askew fez o terceiro melhor tempo nos dois treinos livres, sendo superado pela DEForce de Kory Enders à tarde e pela BN de David Malukas.

No treino classificatório, realizado no sábado de manhã, quando as temperaturas estavam bem mais baixas no fim de semana. A sessão começou com a Pabst fazendo 1-2 com VeeKay e Ming na ponta, até a bandeira vermelha gerada pela morte do carro de robert Megennis. Logo depois da reabertura da pista, faltando dez minutos para o fim do treino, todos foram para a pista novamente e os tempos melhoraram muito, onde Oliver Askew se sobressaiu e fez a melhor volta do dia, conseguindo a pole. VeeKay melhorou seu tempo e conseguiu a primeira fila, mas não bateu seu rival pelo título.

Entre os brasileiros, Lucas Kohl acabou ficando preso no meio do grid, brigando com BN Racing, Pelfreu e Newman Wachs, tendo se segurado na metade de cima do grid, no décimo lugar. Bruna Tomaselli voltou a participar do fim de semana da USF2000 e entrou numa briga exclusiva com o trio da Exclusive Autosport, conseguindo o 17º lugar no grid de largada.

Soul Red Finale Mazda USF2000 Watkins Glen Grand Prix Presented by Cooper Tires


A largada ocorreu sem batidas, mas não foi nada tranquila. Askew e Veekay largaram bem, ficando lado a lado durante toda a reta principal, mas na entrada da curva um, VeeKay freou mais tarde e conseguiu se posicionar a frente de Askew, levando a liderança da prova. Mais atrás, Kory Enders e Andres largam mal e, com isso, Kaylen Frederick e calvin Ming assumem o terceiro e quarto lugares, respectivamente, com Gutierrez em quinto.

Com a prova em ritmo acelerado, os pilotos começaram a se dispersar em pelotões pela pista. VeeKay abira leve diferença de Askew, que abria de Frederick e Ming, que conseguia abrir distância de Gutierrez, que segurava Keane, Kohl, Enders, Malukas, Baron, O'keeffe, Baron e Denes.

Nesse grupo esteve a maior parte da ação, proporcionaa, principalmente, pelas recuperações de David Malukas e Robert Megennis. O americano da pelfrey saiu de último e conseguiu subir ao décimo lugar, pressionando Lucas Kohl, que tinha sido ultrapassado por Kory Enders e David Malukas. Malukas também passou Keane e os carros da DEForce para terminar num belo quinto lugar.

Na briga pelo pódio, Ming conseguiu ultrapassar Frederick na quarta (das dezessete voltas) e partiu a caça de Askew, para ajudar seu companheiro de equipe a ser campeão.

Lá na frente, VeeKay administrando uma grande diferença para Askew e venceu a prova! Askew completa em segundo e se sagra campeão da USF2000!

Mesmo com a vitória, VeeKay conseguiu descontar apenas oito dos quinze pontos necessários, com Askew se sagrando campeão da USF2000. Parker Thompson, mesmo indo mal pra caramba na corrida, se manteve no terceiro lugar do campeonato, 29 pontos a frente de Frederick e 62 pontos a frente de Ming. 
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário