• Gabby Chaves vai disputar a Indy 500 pela estreante Harding Racing

    Apesar de não ter conseguido uma vaga para disputar a temporada completa da Indy em 2017, Gabby Chaves terá a oportunidade de disputar a prova mais tradicional do automobilismo pela recém-criada Harding Racing.

    Apesar de ser uma equipe estreante, a Harding Racing é nada mais do que uma aliança entre a Dreyer & Reinbold com a empresa Harding Group, que se associou ao Indianapolis Motor Speedway em projetos de pavimentação e hospitalidade.

    Lá vem o Chaves, Chaves, Chaves... (Foto: IndyCar)

    "Estou muito satisfeito por ter a oportunidade de disputar minha terceira Indy 500", comentou o piloto colombiano. "É animador me juntar a uma nova equipe com um novo dono, o Mike Harding, e todos envolvidos, inclusive Larry Curry, que foi fundamental para montar a equipe".

    A equipe planeja participar do teste aberto de quarta-feira no Texas Motor Speedway para Chaves completar um teste de atualização no oval e dirigir pela primeira vez um carro com equipamentos Chevrolet.

    "Tenho toda a confiança de que a Chevrolet, nossa parceira, vai dar o melhor apoio para que a Harding Racing tenha a chance de brigar pela vitória. Já tive boas corridas em Indianápolis, mas os resultados nunca vieram. Esse ano eu realmente preciso encaixar tudo para trazer o resultado. Esse é meu foco e tenho certeza de que temos uma das melhores estruturas entre as equipes que só correm em Indy", completou.

    A 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está marcada para o dia 28 de maio.

    Fonte: Racer
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    3 comentários:

    1. Olá, quando sai o próximo capítulo sobre a cisão de 1996?

      ResponderExcluir
    2. Gente...fernando Alonso vai disputar as 500 milhas pela Andretti....chocado aqui.... http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/alonso-choca-mundo-do-esporte-abre-mao-do-gp-de-monaco-e-anuncia-estreia-nas-500-milhas-de-indianapolis-em-2017

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Além de disputar a Indy 500, o principal acionista da Mclarem deu entrevista deixando claro que a equipe pode disputar a Indy em tempo integral nos próximos anos, o que seria formidável. Seria a guinada que a categoria precisa pra voltar a fazer frente com a Nascar nos EUA e atrair mais patrocinadores, público e construtores.

        Excluir