Davey Hamilton busca sócio para criar equipe em tempo integral

 O ex-piloto da IndyCar Series, Davey Hamilton, que emprestou seu nome e patrocínios para outras equipes nos últimos anos, está cada vez mais perto de finalmente colocar um programa de sua autoria no grid do próximo ano.

O norte-americano, que teve uma parceria de alguns anos com Sam Schmidt e Ric Peterson, disse à revista Racer que está finalizando seus planos para colocar um carro de sua própria autoria em conjunto com uma equipe já existente.

"Eu tenho uma paixão pelas corridas da IndyCar desde quando eu era criança, e é algo que eu ainda quero estar envolvido, então eu tenho trabalhado arduamente para colocar meu próprio programa e isso está ficando cada dia mais perto de acontecer", disse Hamilton.

Davey Hamilton está muito otimista com o projeto.
(Foto: Racer)

"Eu tenho dois carros completos, uma sede em tempo integral e vários equipamentos, o suficiente para ser um verdadeiro co-proprietário, e tenho construído isso ao longo dos últimos anos. Tenho um interesse na categoria e quero continuar a investir na IndyCar. Quero usar meus recursos para aproveitar ao máximo tudo o que eu posso fazer com o meu equipamento e patrocinadores, mas não vou fazer tudo sozinho - começar do zero - então faz sentido buscar uma parceria com alguma equipe que pode atingir todas as metas que acabo de mencionar para finalizarmos com sucesso".

Algumas equipes vêm à mente para essa parceria no paddock IndyCar, e enquanto Hamilton não seria desenhado em nomes, ele mencionou isso não envolveria Schmidt. Perguntado se ele seria a adição de um carro para o grid, o nativo de Idaho diz que seu programa vai manter a série de perder uma entrada próxima temporada.

"É mais como encher um espaço com um local aberto em uma equipe ", disse Hamilton confirmou. "Existem algumas equipes que precisam de um programa como o meu para completar as coisas, e há outros que perderam seu segundo carro por qualquer motivo no próximo ano, por isso temos boas opções. Meu programa agora, é um esforço de um ano e pode se tornar um acordo de vários anos, e do lado do multi-ano nos permitirá trazer parceiros em conjunto para estabelecer as bases para os próximos anos".

Algumas equipes vêm à mente para essa parceria, e enquanto Hamilton não apresenta nomes, ele mencionou que isso não envolveria a Schmidt. Além disso ele se mostrou otimista quanto à busca por um sócio.

"Existem algumas equipes que precisam de um programa como o meu para completar as coisas, e há outros que perderam seu segundo carro por qualquer outro motivo, por isso temos boas opções. Meu programa é fruto de um trabalho de um ano inteiro e podemos fechar um acordo de vários anos, o que nos permitirá trazer parceiros para estabelecer as bases para os próximos anos".

A HP tem sido uma das empresas apoiadoras dos projetos
de Hamilton nos últimos anos
Hamilton espera concluir tudo nas próximas semanas, com a equipe e piloto divulgados oficialmente logo em seguida.

"Eu gostaria de tomar uma decisão sobre todos os contratos nas próximas duas ou três semanas, mas como você sabe, às vezes as coisas podem demorar um pouco mais", disse ele. Hamilton teve o apoio da gigante da tecnologia "HP" ao longo da temporada de 2013, e acredita-se que ele tenha outra empresa do Vale do Silício disposta a bancar os patrocínios da equipe.

"Felizmente, tudo o que eu disse aos meus patrocinadores foi recebido positivamente, de modo que isso ajudou a mantê-los envolvidos com o projeto que eu estou trabalhando".

Fonte: Racer
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário