Post Page Advertisement [Top]

Com o calendário ainda incerto devido a pandemia mundial, a direção da categoria decidiu cancelar a pontuação dupla para a última etapa do ano.

Foi anunciado anteontem (31 de março) que, devido as grandes incertezas quanto a realização das provas do calendário, a categoria não dará pontuação dobrada aos pilotos na última etapa da temporada 2020.



Mesmo assim, dependendo do avanço da pandemia, talvez seja necessário mais cancelamentos e adiamentos, o número de etapas na temporada desse ano pode ser ainda menor e, para evitar o fato do resultado da prova final influenciar demais no campeonato final, a pontuação dobrada foi retirada.

A pontuação dobrada acontece na final do campeonato da Indy desde 2014 e, apesar de adicionar um tempero de incerteza na etapa final do campeonato, apenas em um caso houve mudança de liderança do campeonato. Em 2015, Juan Pablo Montoya era o líder do campeonato até a última etapa do campeonato, quando Scott Dixon venceu a última prova do ano em Sonoma; ele e Montoya empataram no número de pontos mas, como o neo-zelandês tinha um maior número de vitórias na temporada, faturou o quarto de seus cinco títulos. 

Era esperado que, no calendário com quinze etapas e com chances de diminuir ainda mais devido a cancelamentos, uma pontuação dobrada poderia influenciar ainda mais no campeonato e ficar desbalanceado. Hoje, com as quinze etapas do campeonato atualmente, uma etapa com pontuação dobrada equivaleria a cerca de 11% da pontuação total do campeonato.

Estamos acompanhando todas as novidades sobre o desenvolvimento e as consequências da pandemia mundial nas atividades da Indy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]