Post Page Advertisement [Top]

A promotora do grande prêmio de Long Beach tentou arrumar uma data para a realização da prova nas ruas da cidade californiana mas não foi possível encontrar essa data em 2020.


Foi anunciado ontem pela Grand Prix Association of Long Beach, organização que está envolvida tanto com o GP de Long Beach da Indy quanto do evento da IMSA no circuito, a não realização da tradicional prova esse ano, com o circuito voltando para o calendário da Indy apenas em 2021.

Essa é a penúltima das quatro provas não realizadas esse ano a anunciar cancelamento. O Grande Prêmio de Alabama, realizado em Barber; e o Grande Prêmio de São Petersburgo foram oficialmente cancelados no dia do anúncio da não-realização das provas. A prova em Barber foi cancelada pois a alocação de nova prova dependeria de nova promoção que não seria viável em 2020, e as Ruas de St. Petersburg não possui datas para novo bloqueio das vias por três dias.

O circuito das Américas ainda procura chegar num acordo de data após o final de toda a pandemia que assola todo o planeta, no entanto a janela de tempo não é tão grande, pois as condições climáticas no fim desse ano até março do ano que vem tendem a ser as mais favoráveis, inviabilizando a prova.

Assim, o calendário da Indy, por enquanto, possui treze etapas. O calendário se inicia no início de maio com o Grande Prêmio de Indianápolis e não considera a possível realocação da prova em Austin. No entanto, mais adiamentos são esperados pois várias provas do automobilismo que são em datas próximas ou posteriores as 500 milhas de Indianápolis, como o Grande Prêmio de Mônaco da fórmula 1 e as 24 horas de Le Mans já foram adiadas ou canceladas.

Ficaremos de olho em novas atualizações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]