Post Page Advertisement [Top]

Em dia em que os líderes do campeonato não estavam tão inspirados, dois pilotos que brigam para chegar próximo deles, Danial Frost e Kyle Kirkwood, se aproveitaram para embolar mais essa briga.


O fim de semana marcava a metade da primeira temporada da Indy Pro 2000, onde os mesmos treze carros que vem largando nas provas da categoria desde o oval de Lucas Oil Raceway estiveram presentes nas ruas de Toronto.

E, conforme vai avançando a temporada, a força total da Juncos vai diminuindo aos poucos. A equipe que antigamente fazia a pole com maior facilidade vem cada vez mais sendo peitada pelos pilotos da RP Motorsport, Kyle Kirkwood e Ian Rodriguez, e Danial Frost (Exclusive). Isso foi visto já na classificação para a primeira prova do fim de semana, quando Kirkwood e Frost tinham bons ajustes e conseguiram no meio da sessão fazer seus melhores tempos, enquanto Rasmus Lindh e Sting Ray Robb só foram ter suas melhores marcas faltando menos de cinco minutos antes do fim da sessão e, mesmo assim, conseguiram apenas o segundo e quarto lugares respectivamente.

A RP Motorsports parece ter melhorado do início da temporada, com Ian Rodriguez subindo para o pelotão principal com o quinto lugar e Kirkwood conseguindo a primeira pole. Danial Frost mostrou a boa forma e conseguiu o terceiro lugar no grid, enquanto seu companheiro de equipe, Nikita Lastochkin,fechou o pelotão principal com o sexto posto.

Na qualificação para a segunda prova, realizado no sábado de manhã, os resultados praticamente se repetiram. Kirkwood repetiu a pole, com Lindh repetindo a primeira fila, Frost e Robb na segunda fila e Rodriguez e Lastochkin na terceira fila. Tive até que mudar a cor de alguns números de carro para as pessoas não pensarem que é simplesmente a primeira tabela duplicada.


Corrida 1


A largada aconteceu sem incidentes, mas não sem emoção. Logo na largada, Kirkwood não largou tão bem assim e Lindh conseguiu emparelhar rapidamente antes da curva um. Kirkwood embarriga um pouco a curva para segurar Lindh, e Danial Frost aproveita, passando os dois por dentro e assumindo a ponta da prova. 

Kirkwood ainda brigava com Lindh, com os dois lado a lado na reta oposta, sendo Kirkwood por fora e Lindh por dentro. O sueco da Juncos tinha a preferência da curva e acabou embarrigando-a para levar a vantagem e o segundo lugar, enquanto Kirkwood perde muito tempo e faz com que Ian Rodriguez consiga colocar por dentro e emparelhar com ele na freada da curva cinco. Rodriguez tinha avantagem da curva por estar por dentro, e espalhou para cima de seu companheiro de equipe, fazendo com que Kirkwood tocasse no muro por dentro e quebrasse sua asa dianteira, tendo de ir aos pits para trocá-la.

Com isso, completamos a primeira volta com Frost na liderança, seguido por Lindh, Rodriguez, Robb, Lastochkin, Thompson, Antonio Serravale e Moisés de la Vara, que vieram lá do fim do grid. Mais atrás vinha Denes, Enders e Abel, com Kirkwood perdendo uma volta na troca de asa, e Ian Rodriguez foi punido com um drive through, caindo para o fim do grid também.

A corrida começava a ficar morna quando, na quinta de 25 voltas previstas, houve a primeira bandeira amarela quando Moisés de la Vara bateu sozinho na curva onze. A bandeira verde seria dada na nona volta, mas Charles Finelli rodou sozinho na curva onze e a bandeira amarela veio de novo.

Relargada na volta onze, com Frost largando bem na liderança, enquanto Lindh era pressionado por Robb e Lastochkin era pressionado por Thompson. Na curva três vimos dois movimentos gêmeos: Robb colocou por dentro de Lindh e o ultrapassou, e Thompson colocou por dentro de Lastochkin e o ultrapassou. Na volta seguinte, foi a vez de Lindh dar o troco sobre Robb, colocando por dentro na curva três e conseguindo o segundo lugar. Quando Robb se preparava para dar o troco novamente, ele escorregou na curva seis e acabou sendo atingido por Lastochkin, com os dois indo para o muro, nova bandeira amarela.

Relargada na volta 19, com Frost na ponta sendo pressionado por Lindh, com Thompson em terceiro. Logo atrás vinha Serravale sozinho, com Enders, Abel e Rodriguez brigando pelo quinto lugar, já que Denes se recolheu para os pits com problemas de motor. 

Aí se destacou a recuperação de Rodriguez, ele conseguiu fazer o velho movimento de colocar por dentro na reta oposta e fazer a curva três por dentro por duas vezes seguidas nas últimas três voltas, primeiro em Jacob Abel e depois e Kory Enders, o qual embarrigou a curva e caiu para o sétimo lugar. Rodriguez conseguiu, com essas duas ultrapassagens, subir novamente para o quinto lugar, mesmo depois da punição.

Isso porque, lá na frente, nada aconteceu. Frost vence! Lindh consegue o segundo lugar, com Thompson em terceiro.
Resultados e pódio

Corrida 2


Depois das loucuras da corrida 1, a corrida 2 foi bem mais tranquila. A largada ocorreu sem incidentes, com Kirkwood largando bem melhor e mantendo a primeira posição. Por consequência, a linha ímpar largou um pouco melhor que a linha par, com Thompson conseguiu passar por dentro Lindh e assumir o segundo lugar, Robb tentou o mesmo movimento para cima de Frost mas não teve sucesso.

Mais atrás, na curva três, Serravale tentava se recuperar e não perder o oitavo lugar para Lastochkin, os dois passam lado a lado na curva três mas Serravale é fechado na curva seguinte, indo parar no muro. Bandeira amarela e um pequeno caos, onde, Abel se aproveitou e pulou para o sétimo lugar passando todo mundo por dentro.

Relargada na volta quatro e, a não ser os dois carros da FatBoy Racing se recolherem para os boxes por algum motivo que eu não consegui descubrir qual, literalmente nada mais acontece na prova. Kirkwood vence! Thompson se recurpera e fica com o segundo lugar, deixando Lindh em terceiro.

Resultados e pódio de novo.
No fim das contas, praticamente nada mudou na briga pelo título. Lindh, o líder do campeonato, conseguiu um segundo e um terceiro lugar no fim de semana, que foi o mesmo resultado que o vice-líder do campeonato, Parker Thompson, conseguiu. Com isso, a diferença de Lindh para Thompson se mantendo em trinta pontos. A diferença principal está que tanto Kirkwood quanto Frost, o terceiro e quarto colocados, respectivamente, conseguiram descontar a diferença para os dois, onde Kirkwood ficou a dois e Frost ficou a cinco pontos do vice-líder.

A próxima etapa é uma rodada dupla daqui duas emanas em Mid-Ohio. Até lá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]