Post Page Advertisement [Top]


No terceiro treino livre da IndyCar em St. Petersburg, novamente Ryan Hunter-Reay foi o mais rápido com o tempo de 1m00.8966s, muito próximo do tempo da sessão número 2 que ele também liderou. A diferença é que neste treino livre da manhã de sábado, todos os pilotos usaram somente pneus com composto mais duro e alcançaram tempos que ontem foram marcados a tarde com pneu macio. A expectativa portanto é que na classificação acabem diminuindo a marca de 1 minuto por volta.

Depois de Hunter-Reay em primeiro, a Penske colocou seus carros no top 5, começando por Josef Newgarden em segundo (+ 0.039s), Takuma Sato ficou em terceiro foi o outro intruso (+ 0.067s), Pagenaud ficou em quarto (+ 0.1534s) e Will Power terminou em quinto (+ 0.1784s). Apesar da Honda ter dominado novamente com Hunter-Reay, ficou evidente que a Chevrolet teve um salto de desempenho em comparação com os tempos de sexta-feira, sobretudo os carros da Penske.

O que chamou atenção neste treino foi a quantidade grande de incidentes. Primeiro Zach Veach rodou na curva 13 saindo da pista e batendo sua asa traseira no muro com apenas 15 minutos de prática. Segundo o novo regulamento da temporada 2019, Veach foi punido por 5 minutos sendo impedido de participar do treino por ter causado uma bandeira vermelha.

Depois foi Ben Haley que bateu na curva 4 e chamou nova bandeira vermelha e também foi punido. Faltando 5 minutos para o final do treino foi a vez de Max Chilton sair da pista e estacionar o carro com problema de motor. Exatamente ao mesmo tempo que Chilton chamava outra bandeira vermelha, Marcus Ericsson raspava a lateral do seu carro no muro. E para encerrar, Ed Jones escapou da pista no último minuto e antecipou a bandeira quadriculada para todos os pilotos.

Além dos envolvidos em acidentes, Santino Ferrucci foi punido logo no começo com um drive through por excesso de velocidade nos pits e durante o treino Takuma Sato também recebeu a mesma punição pelo mesmo motivo. Apesar do treino caótico, nenhum piloto teve danos graves que pudessem comprometer os carros para a classificação logo mais às 16h30.

Confira abaixo os tempos do TL3.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]