Post Page Advertisement [Top]

Em uma corrida frenética do começo ao fim, o filho de Bryan Herta levou a corrida mais famosa da Indy Lights por meio carro. Victor Franzoni acabou tendo problema com seus pneus e terminou em oitavo.
A Freedom 100; a corrida mais famosa da Indy Lights, a principal categoria de acesso à Fórmula Indy; e faz parte do Carb Day, o último dia de atividades na pista antes das 500 milhas de Indianápolis; teria o cavalo paraguaio Dalton Kellett largando na ponta.

A corrida foi muito agitada do início ao final. Logo na largada, Kellett tentou manter a ponta mas, Victor Franzoni, que largou muito bem e pulou de quarto para segundo nas curvas um e dois conseguiu alcançar a liderança no início da segunda volta.

O brasileiro liderou a segunda e terceira volta, quando seu carro começou a sofrer bastante com vibração e sobrestarçamento, com o carro saindo bastante de traseira e o piloto tendo de fazer várias correções. Isso foi devido a um pequeno furo no pneu, que o fez perder pressão e esvaziar aos poucos. Franzoni foi forçado a ir aos boxes na volta 18, quando já estava brigando para não cair para o sexto posto, e lá teve problemas, tendo de fazer uma segunda parada para, enfim estar tudo bem com seu carro. Mas, nesse ponto, Franzoni já estava duas voltas atrás.
Franzoni liderando o grid todo.
Agradecendo o azar do brasileiro estava o pelotão da frente, que contariam com um adversário a menos. Com a queda de Franzoni, Kellet voltou a liderança, seguido por Colton Herta, Santiago Urrutia, Ryan Norman e do líder do campeonato, Pato O'Ward. Aaron Telitz vinha um pouco mais atrás, com Davey Hamilton Jr. fechando a fila de oito carros.

Os pneus eram motivo de preocupação para as equipes, pois os compostos desse ano estavam um pouco mais moles, fazendo com se desgastassem mais, ao ponto das equipes cogitarem fazer paradas durante alguma bandeira amarela que surgisse no meio da prova (lembrando que as paradas de boxes são muito raras na Lights, onde algumas equipes não possuem nem o número de mecânicos de pits para trocar os quatro pneus ao mesmo tempo).

Com o passar do tempo, Kellett e Herta se revezavam na liderança da prova, se separando um pouco (cerca de meio segundo) de Urrutia, O'Ward e Norman, que buscavam economizar um pouco de seus pneus Cooper. Quando Urrutia e O'Ward perceberam que não precisariam mais economizar pneus, partiram novamente à caça do pelotão da liderança.

Urrutia voltou para a briga na volta 15 de 40 programadas. ele alcançou a liderança na volta 17, pouca coisa a frente de Kellett, com Herta se estabilizando em terceiro para economizar pneus junto com O'Ward. Ele e Kellett se revezaram na ponta da prova até a volta 26, quando Herta cansou de economizar pneus e voltou a brigar pela ponta, com O'Ward vindo duas voltas depois, na volta 28.

A partir daí a briga foi franca pela vitória. Urrutia estava na ponta da prova, quando Herta e O'Ward formaram uma filinha de vácuo para assumir a ponta, primeiro o filho de Bryan Herta e depois o mexicano líder do campeonato. Três voltas depois Urritua conseguiu quebrar a sincronia da dupla e reassumiu a ponta, mas logo O'Ward recuperou o momento e assumiu a ponta de novo, com ele e Urrutia ficando lado a lado por quase duas voltas inteiras, até que Herta conseguiu formar um 3-Wide e assumir a ponta, mas só até...

Ah, sério, compensa muito mais você ver a prova (pelo mesmo as últimas seis voltas) do que eu descrever movimentos aleatoriamente, tirando toda a emoção:


No photo finish, Herta vence! O'Ward passa ao seu lado, mas em segundo, com Kellett logo atrás em terceiro, Urrutia passando em quarto depois de balançar feio na curva quatro e só porque fechou a porta na linha de chegada para Ryan Norman, que passou em quinto, a menos de meio segundo do vencedor.

Resultados e comemoração do vencedor, pois pódio não é importante em Indianápolis.
Com a vitória e a pontuação 50% maior nos ovais dessa temporada, Herta assumiu a ponta do campeonato com 189 pontos, quatro a mais que O'Ward e 31 a mais que Urrutia, o terceiro colocado. Victor Franzoni vem enquarto no campeonato com 130 pontos, 59 atrás do líder.

A próxima etapa é uma rodada dupla em Road America, nos dias 23 e 24 de junho. Até lá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]