• Téo José deixa a Band depois de 12 anos

    Depois de 12 anos na emissora, o narrador goiano Téo José não teve seu contrato renovado pela Band, a notícia foi dada pelo jornalista Flávio Ricco do UOL. A decisão afeta a transmissão da Indy no Brasil, já que Téo era a principal voz da Band na categoria, principalmente após a morte de Luciano do Valle em 2014.


    A negociação para renovação de contrato entre Téo José e Band vinha rolando desde outubro passado e esteve muito próxima de ser acertada no decorrer de novembro, quando os diretores Marcelo Meira e Diego Guebel ainda estavam à frente da emissora.

    A saída dos dois, no entanto, fez frear tudo que no caso dele e de tantos outros estava sendo ajustado.

    A relação do narrador com a categoria americana é distante, tendo início ainda nos tempos de Rede Manchete, no início dos anos 90.

    Ele acompanhou a CART/Champ Car, uma das dissidentes da antiga Indy, também nos tempos de SBT e Rede TV! antes de chegar à Band, em 2006, quando dividiu os microfones da categoria com Luciano do Valle.

    Em entrevista ao site Grande Prêmio, Téo falou sobre os cortes massivos que a emissora do Morumbi vem fazendo no seu departamento de esportes.

    "Para ser bem sincero, não sei como vai ser o desenho dessa programação de 2018. O que a gente sente, pelo enxugamento do departamento de esportes, é que talvez o esporte tenha menos espaço. São os movimentos que estão acontecendo neste momento. Não vejo, de imediato, outro tipo de investimento no esporte. Com relação à Indy, saiu eu, que era o narrador; saiu o [Gustavo] Berton, que era o repórter principal; e também o [Antônio] Pétrin, que além de ser repórter por muito tempo, também já fez as vezes de comentarista. Quer dizer, não sei como vai ser", comentou.

    Mesmo com projetos pessoais em andamento, Téo é um nome importante, que agora se coloca no mercado, numa dessas coincidências, quase às vésperas do início de mais uma Copa do Mundo.

  • POSTAGENS RELACIONADAS

    2 comentários:

    1. Tomara que a Indy mude de canal. O grupo bandeirantes não valoriza o ótimo produto que tem na mão.

      ResponderExcluir