Indy planeja fazer teste com protetor de cockpit em fevereiro

A Indy inicialmente planejava testar uma versão de proteção de cockpit até o final de 2017, mas revisou seu prazo para testar um protótipo mais desenvolvido em 2018. O teste aberto está definido para os dias 9 e 10 de fevereiro. O plano é que um único Dallara DW-12 seja equipado com o novo sistema no Phoenix International Raceway.

Objetivo é proteger a cabeça exposta do piloto.

O presidente de competições da categoria, Jay Frye, diz que a Indy fez testes nos bastidores nos últimos meses.

"Temos um teste aberto em Phoenix na primeira parte de fevereiro de 2018 e o nosso objetivo é fazer algum tipo de aplicação que nos sentimos muito bons e está muito longe", disse Frye. "Houve muita simulação, muito trabalho de túnel de vento, mas ainda não conseguimos realmente entrar em um carro. Nós tivemos em um carro de forma estática, mas não o testamos em um carro na velocidade de uma pista de corrida, então estamos trabalhando para levá-lo a um carro para correr em teste aberto".

Aeroscreen testado pela Ferrari na Formula1. (Foto: LAT)

Andrea Toso, chefe da Dallara no mercado americano, disse que a IndyCar se inspirou no design do sistema de proteção de cockpit do avião de combate F-16.

"Primeiro, o carro não tem halo. Penso que em breve a IndyCar testará algum tipo de pára-brisas estrutural, que vem de aviões militares, como em um cockpit de combate de jatos F-16. Eu acho que a IndyCar fará alguns testes destrutivos, e eles modificarão uma das monoculturas existentes com um quadro estrutural para manter a tela no lugar".

Fonte: Autosport
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário