Ed Carpenter é o mais rápido no primeiro dia de treino classificatório para a Indy 500

Em dia marcado por chuva e acidente forte de Sébastien Bourdais, Hélio Castroneves fica de fora do Fast Nine. Tony Kanaan foi o oitavo mais rápido e tenta a pole position amanhã, com transmissão ao vivo do Bandsports às 17h.

Carpenter garantiu o tempo mais rápido para o Fast 9. (Foto: IndyCar)

O treino classificatório só começou de fato às 17h, apesar de estar marcado para às 13h, no horário de Brasília. Assim como na sexta-feira, as fortes chuvas atrapalharam os pilotos em Indianapolis.

Após Pippa Mann se arrastar na pista, como de costume, Will Power vez uma boa média de voltas: 230.072 mph, assegurando a primeira posição por um longo tempo. Tony Kanaan passou perto com 230.007 mph. Hélio Castroneves não foi bem em suas voltas e terminou com a média de 229.390 mph.

O espanhol Fernando Alonso também fez uma boa qualificação, cravando a média de 230.034 e ficando entre Power e TK; e superando o seu companheiro de equipe na Andretti, Ryan Hunter-Reay, que havia entrado primeiro na pista e em condições piores de temperatura.

Com o dia caindo e a temperatura baixando, além da pista voltando a ficar mais emborrachada após a chuva, os pilotos foram virando tempo melhores. Scott Dixon fez o melhor tempo parcial com 230.333 mph. Alexander Rossi, da Andretti e campeão do ano passado, chegou perto, com 230.148 mph.

Pouco antes de Rossi entrar na pista, Sébastien Bourdais fazia as suas voltas rápidas. Após boa primeira volta, na casa dos 231 mph, o francês da Dale Coyne perdeu a traseira e bateu forte na curva dois do circuito, praticamente de frente para o muro. Apesar da batida fortíssima e da preocupação da equipe de resgate, Bourdais esteve consciente o tempo todo e foi levado de ambulância para o centro médico montado no circuito e, logo depois, ao Hospital Metodista de Indianapolis, para fazer mais exames. Até o momento, o único boletim médico que saiu ainda durante o treino é de que o piloto passa bem.

A pancada foi MUITO forte. (Foto: Speed)

Medical Update: Segundo boletim médico divulgado pela própria IndyCar após a publicação deste post, Sébastien Bourdais continua internado no Hospital Metodista de Indianapolis. O piloto sofreu múltiplas fraturas da região pélvica e também quebrou um osso do quadril.

Após Rossi e Marco Andretti, Takuma Sato voou e colocou o seu Andretti #26 no primeiro lugar com a média de 230.382 mph. Após Sato e um monte de pilotos sem o melhor acerto, como Saavedra, Pigot, Servià, Harvey e Daly, Ed Carpenter foi para a pista e bateu o tempo do japonês voador, com a média de 230.468 mph, colocando o carro #20 de sua equipe no Fast 9 e como o mais rápido do primeiro dia de treino classificatório. JR Hildebrand, companheiro de equipe, também andou bem e garantiu o quarto lugar.

Os pilotos que tentarão a pole position amanhã estão na imagem abaixo:


Confira abaixo a classificação geral final:


Amanhã os pilotos que ficaram entre as posições 10-33, por ordem de entrada, definem as posições de largada 10-33 na primeira parte do segundo dia de treino classificatório. Os pilotos que terminaram hoje entre os nove primeiros, disputam a pole position e 42 pontos no campeonato de 2017da IndyCar logo em seguida. Até lá!!

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário