Aerokit 2018 vai melhorar as corridas em Phoenix, diz Jay Frye

O chefe de competições da IndyCar, Jay Frye, avaliou as frustrações sobre a corrida da última noite de sábado em Phoenix, mas quer que os fãs saibam que no próximo ano a coisa será melhor, segundo ele.

"O downforce do carro de 2018 deverá aumentar as oportunidades para ultrapassar," disse Frye. "Com isso, bem como a variedade de cenários e componentes testados no último outono em Phoenix e os dados que recentemente foram coletados através de testes de túnel de vento, acreditamos que estamos no caminho certo."


Segundo Frye, os dados colhidos no teste só não foram melhores porque só haviam carros movidos pelo motor Honda no teste de outubro.

"A Honda foi a única equipe que testou em outubro passado porque a equipe Chevrolet que alinhamos acabou indo para a Honda", disse Frye, obviamente referindo-se a Chip Ganassi. "Pedimos a outra equipe da Chevrolet, mas eles não conseguiram, então todas as informações que nós reunimos eram do ponto de vista de um carro da Honda. Se um Chevy estivesse no teste talvez pudéssemos ter tido a oportunidade de fazer algo antes do último GP. Mas se fizermos uma mudança no Phoenix International Raceway, então teremos mudança em outras pistas também e estamos tentando obedecer ao nosso livro de regras".

Frye também se disse confiante no relacionamento dos funcionários da pista com a direção da Indy.

"Bryan [Sperber, o presidente da pista] está nisso para o longo prazo e nós também estamos", disse ele. "Temos uma grande parceria e todos estamos ansiosos para fazer uma grande corrida em 2018 e além".

Fonte: Racer
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário