Pagenaud vence em Mid-Ohio e se aproxima do título da Indy

Francês da Penske ultrapassa Will Power na marra e garante a sua quarta vitória na temporada. Tony Kanaan termina em décimo-segundo e Hélio Castroneves termina em décimo-quinto.

Quarta vitória do francês no campeonato. (Foto: IndyCar)

A largada ocorreu de maneira limpa e bastante disputada do meio pra frente, mas Pagenaud, após sair bem na frente de Power, manteve-se na liderança, seguido do australiano. Castroneves perdeu duas posições nas primeiras voltas e Tony Kanaan pulou para décimo-primeiro, após usar uns cinco push-to-pass de uma vez só. Logo na décima-terceira volta, alguns carros começaram a parar para troca de pneus e reabastecimento, numa tentativa de entrar numa estratégia diferente dos líderes, como Scott Dixon, Castroneves, Conor Daly e Hinchcliffe.

Algumas voltas tarde, a primeira bandeira amarela veio com o acidente do atual campeão da Indy, Dixon, que tentou ultrapassar Castroneves, que fechou a porta e acabou atingindo o neozelandês, danificando também uma parte da asa traseira do brasileiro. Após as paradas dos principais líderes, Juan Pablo Montoya assumia a ponta da prova.
Na relargada, o colombiano conseguiu escapar do pelotão, com Marco Andretti em segundo e Mikhail Aleshin em terceiro. Logo depois, o brasileiro da Penske voltou aos holofotes ao sair da pista, muito por causa daquela asa danificada, quando perdeu o ponto da freada e foi para a terra, conseguindo voltar, porém perdendo muitas posições. Helio teve de voltar aos boxes para trocar a asa traseira danificada.
Montoya foi para os boxes na volta 27, cedendo a liderança para o russo Mikahil Aleshin, que ficou no comando até a volta 41, cedendo a posição de liderança para Pagenaud novamente, após fazer a sua parada. A esta altura, Tony era o quarto e Castroneves era o 20°. O francês, líder do campeonato, fez sua parada apenas na volta 43.
Perto da metade da prova, Kanaan também fez a segunda parada, pouco antes de Will Power, que havia herdado a posição de Pagenaud nos boxes. Aleshin, surpreendentemente, novamente assumia a ponta, com Power em segundo e Pagenaud em terceiro. Na volta 59, Scott Dixon retornou à pista, quando ninguém mais lembrava dele, com 45 giros de atraso.
Jack Hawksworth ocasionou a segunda amarela do dia, ao sair bisonhamente da pista na curva 1 e bater de frente na barreira de pneus. Que cena amadora. AJ Foyt deve ter quebrado um laptop, ao menos, se o conhecemos bem. Enquanto isso, as equipes se preparavam para fazerem as suas últimas paradas e, com isso, as esperanças de Aleshin de vencer a prova caíram por terra ao bater na saída dos pits em Josef Newgarden, muito por causa do mecânico que o liberou não ter visto Newgarden entrando em seu pit. O russo ainda foi punido pela direção de prova, sendo obrigado a relargar na última posição. Aleshin ficou bem chateado.

O retorno da prova em bandeira verde tinha Conor Daly em primeiro, em estratégia diferente, seguido de Power e Pagenaud. Kanaan era o oitavo e Castroneves era o décimo-nono. Na relargada, o francês retomou o segundo posto na marra de Will Power, e começou sua busca pela ponta.
Na volta 73, Dixon abandona a prova de vez, depois de tentar retornar à pista para ganhar uns pontinhos. Mas Pagenaud já está com uma mão e meia na Astor Cup, então Dixon meio que jogou a toalha depois de hoje.
Faltando seis voltas para o fim, Daly foi para os boxes somente para reabastecer, e Simon Pagenaud reassumiu o comando da corrida.  Restando três voltas, Sébastien Bourdais tocou em Takuma Sato e os dois saíram da pista, mas a direção de prova deixou a corrida rolando e não acionou a bandeira amarela. Sato voltou em nono lugar.
Com isso, Simon Pagenaud não teve problemas em conquistar sua quarta vitória em 2016, com mais de quatro segundos de vantagem para seu companheiro e vice-líder do campeonato, Will Power. Carlos Muñoz foi o terceiro e Graham Rahal acabou em quarto. Dos brasileiros, Tony Kanaan foi o décimo-segundo e Helio Castroneves o décimo-quinto. Mais uma vez não foi o dia para os brasileiros.
Confira abaixo o resultado final da prova:


A IndyCar faz uma pausa de três semanas durante as olimpíadas do Rio e volta agora apenas no dia 21 de agosto, num domingo, em Pocono.

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário