Post Page Advertisement [Top]

Apesar do cancelamento da etapa de Brasília no início desse ano, a INDYCAR continua na busca por novas etapas internacionais. 

O CEO da Indycar, Mark Miles, nomeou três possíveis destinos: Colômbia, Emirados Árabes Unidos e África do Sul são países que poderiam sediar uma etapa da categoria já no próximo ano. Miles planeja 20 corridas no calendário, de modo que as internacionais seriam realizadas no início da temporada em fevereiro.

Miles sempre demonstrou interesse em expandir a categoria para o exterior. (Foto: Indycar)

"É difícil realizar eventos nos EUA em fevereiro e no início de março por causa do clima," disse Miles. Ele comenta que graças a enxurrada de pilotos colombianos nos últimos anos (Carlos Huertas, Carlos Muñoz, Gabby Chaves, Juan Pablo Montoya e Sebastián Saavedra), a Colômbia aparece como uma oportunidade única.

"Se quisermos expandir a nível internacional, o mercado está lá. Essas corridas ajudariam a preencher as primeiras quatro, cinco ou seis semanas do calendário, e estamos bastante otimistas com isso para o próximo ano e já estamos com conversas em andamento".

Entre outras questões, Miles também está procurando um patrocinador principal para a próxima edição da 500 Milhas de Indianápolis, que será a de número 100.

Fonte: MotorsportsTalk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]