• Castroneves é Pole no Alabama

    Helio Castroneves conquistou mais uma pole. O brasileiro bateu os companheiros de equipe Will Power e Simon Pagenaud e as Ganassi de Tony Kanaan e Scott Dixon e parte do primeiro lugar no Alabama. Esta é a 43ª pole-position de Castroneves na Indy. Pela segunda vez, o piloto larga em primeiro no Alabama, a outra foi 2012.

    Vai que é sua Taffarel Castroneves! (Foto: Indycar)

    Mas antes de saber como foi a classificação, confira o que aconteceu nos dois treinos livres que antecederam o qualify.

    Treino Livre 1 - Dixon domina

    Com um ligeiro atraso para checagem do asfalto, a primeira sessão de treinos livres da Indy no Alabama começou quando os relógios marcavam 11h08, horário de Brasília.

    A sessão começou bastante parada. Com a pista um pouco úmida, apenas James Jakes conseguiu rodar abaixo de 1min30s nos primeiros 15 minutos.
     
    Um bebe Coca...

    Mas os tempos começaram a se adequar à realidade do circuito com o trio da Andretti. Buscando tirar o melhor do carro já no TL1, Ryan Hunter-Reay, Carlos Muñoz e Marco Andretti se revezaram na ponta, com 

    o último ficando na frente virando 1min08s940. Quem se meteu na briga foi Jack Hawksworth. O piloto da Foyt virou 1min09s5 e superou Muñoz, parando no terceiro posto.

    Mas ainda faltavam as Ganassi e as Penske. Em pouco tempo na pista, Will Power e Scott Dixon trataram de mostrar potencial de seus carros e o australiano assumiu a dianteira colocando pouco mais de 0s1 no neozelandês.E os tempos seguiam caindo bastante. Dixon fez uma impressionante volta em 1min07s7 e colocou quase 0s6 de frente para Power. Sato, Hunter-Reay e James Hinchcliffe fechavam o top-5 com dez minutos para o fim.

    Simon Pagenaud apareceu já nos minutos finais. O francês deu um bom giro e se colocou em terceiro, mais de 0s9 atrás de Dixon. Charlie Kimball também melhorou seu tempo e pulou para quinto.

    As Penske seguiram em recuperação e Power cortou para 0s2 a diferença para Dixon. Filippi surpreendeu e colocou a CFH na terceira posição. Helio Castroneves e Graham Rahal também vinham no top-5.

    Adivinhem quem era o último? Se você respondeu Francesco Dracone, acertou. O italiano era 4s2 pior que Dixon com três minutos restando de treino.

    No fim da sessão, Sébastien Bourdais apareceu para colocar a KV no quarto posto, mas ainda havia tempo para Pagenaud, que destronou o compatriota do quarto lugar e fechou como melhor francês do TL1.

    Treino Livre 2 - Power mostra serviço

    Se a umidade estava altíssima assim como na primeira sessão de treinos livres, o TL2 começou diferente na parte da movimentação na pista de Alabama. Os pilotos não quiseram saber de esperar e foram logo à pista, estabelecendo bons tempos desde os primeiros minutos.

    ... e o outro vai na champanhe mesmo.
    Após a primeira série de voltas, Gabby Chaves aparecia surpreendendo na ponta, mas ainda com um tempo elevado, na casa de 1min11s.

    Eram 14h45 quando a primeira bandeira vermelha já apareceu. Era o venezuelano Rodolfo González, que corre com o #18 da Dale Coyne em Barber, rodando sozinho na pista do estado do Alabama.

    A sessão foi reiniciada, e logo Scott Dixon já entrou no top-3. Na sequência, o neozelandês fez volta ainda melhor e virou 1min08s4, indo para segundo. Luca Filippi – um dos destaques do TL1 – já aparecia em quarto.

    Filippi, assim como Dixon, também foi ainda melhor na segunda volta, assumindo a dianteira da sessão com 1min08s0. Castroneves era o segundo e James Hinchcliffe já aparecia em terceiro, 0s1 atrás do brasileiro.

    O líder do campeonato apareceu pela primeira vez bem no final de semana quando faltavam 29 minutos para o fim da segunda sessão. Juan Pablo Montoya já cravava o terceiro melhor tempo e voltava aos boxes.

    Uma nova troca na liderança aconteceu quando Castroneves acertou boa volta e trocou de posição com Filippi, ainda com volta acima de 1min08s.

    Foi aí que Will Power resolveu botar ordem na casa. O australiano passou por cima dos tempos de Castroneves e Dixon e virou 1min07s7.

    Castroneves transformou o 1-2 da Penske em uma trinca e ficou 0s11 atrás de Pagenaud. Sébastien Bourdais saltou para o quarto posto, superando Newgarden.

    Como é de costume na Indy, os últimos minutos foram muito movimentados. Power tomou a ponta, abrindo uma excelente vantagem para Pagenaud, 0s4. Bourdais colou em Pagenaud e ficou em terceiro.

    Já nos instantes finais, Castroneves surgiu bem e reduziu um pouco a vantagem de Power para o restante, se colocando na frente de Pagenaud e de Dixon, que ainda tomou o terceiro lugar.

    Classificação - Mais uma pole para Helio

    Segunda pole no ano!
    O treino classificatório para o GP do Alabama viu mais uma grande demonstração de superioridade da Chevrolet. Com seis carros no Fast Six, a fase decisiva da classificação, a montadora viu Penske e Ganassi, mais uma vez, no controle das ações. Helio Castroneves conseguiu mais uma pole, virando 1min07s193. O brasileiro bateu Will Power, companheiro de equipe que ficou pouco menos de 0s2 atrás.


    Simon Pagenaud foi o terceiro, com Scott Dixon ficando em quarto, Josef Newgarden em quinto e Tony Kanaan aparecendo no sexto posto.

    A Andretti teve péssimo desempenho. Vencedora das edições 2013 e 2014 da prova com Ryan Hunter-Reay, o time viu seus três pilotos caindo ainda na primeira fase da classificação.

    Confira abaixo o grid de largada para o Honda Indy Grand Prix of Alabama:




    Fonte: Grande Prêmio/Indycar
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário