Pro Mazda: Neil Alberico domina a primeira etapa em St. Pete

O californiano contratado pela Cape Motorsports venceu as duas primeiras corridas da temporada regular e larga na frente no campeonato.

A melhor categoria de se assistir do Road to Indy começou bem equilibrada, com as cinco principais equipes (Juncos, Cape, Andretti, Pelfrey e JDC) sempre figurando entre os cinco primeiros em todos os treinos livres. 

O treino classificatório também estava bagunçado, com a volta mais rápida de Daniel Burkett e a segunda mais rápida de Timothé Buret (a volta mais rápida é usada para o grid da primeira prova, e a segunda mais rápida de cada um para o grid da segunda prova). Entretanto, no finzinho do treino, Niel Alberico conseguiu a melhor e a segunda melhor volta, ficando com as duas poles.


Corrida 1


A largada em si foi tranquila e sem muitas ultrapassagens. Essas aconteceram durante a prova, Santiago Urrutia conseguiu o segundo lugar da prova passando Daniel Burkett na curva dez da volta 2, Florian Latorre tentava recuperar de sua qualificação ruim, e na décima volta já figurava no sexto lugar.

Essa tranquilidade só se seguiu até um pouco mais da metade da prova, na volta 13 (de 23 voltas no total), Weiron Tan tentava ultrapassar Patrício "Pato" O'Ward na curva quatro, quando se tocaram. O'Ward continuou na prova sem maior problemas, enquanto o malaio da Andretti teve problemas na suspensão e teve que abandonar.

O'Ward protagonizou os momentos mais emocionantes da prova.
Relargada a sete voltas do fim. Neil Alberico consegue abrir distância novamente de Urrutia, que também abre diferença para o resto do pelotão; com isso, a disputa da prova ficou pelo pódio, entre Daniel Burkett e O'Ward. 

O mexicano da Pelfrey tenta ataques contra o canadense da Cape, mas a disputa não termina bem e a quatro voltas do fim os dois se tocam na saída da curva um. Burket roda e cai para o fim do pelotão, enquanto Pato teve sua asa dianteira umpouco avariada, mas conseguiu prosseguir na prova.

No fim da prova, Latorre conseguiu passar o carro avariado de O'Ward para assumir a terceira posição e se aproximou perigosamente de Urrutia, mas não houve tempo hábil para conseguir a ultrapassagem e terminou no terceiro lugar, com Urrutia em segundo. Uns quatro segundos a frente, completava Neil Alberico, que vence!!


Corrida 2

Alberico largando na ponta novamente, com Jose Gutierrez em segundo e Timothé Buret em terceiro. Todos passam tranquilos pela curva um, mas na curva quatro da primeira volta, mas a calma não passa da curva quatro, onde Raoul Owens e Weiron Tan se tocam e ambos rodam. 

Sabemos que a curva quatro não é lá muito larga, e muitos pilotos não conseguem passar por ela sem bater. Bandeira amarela, com O'Ward, Tan, Latorre e Alessandro Latif abandonando, Owens ficando uma volta nos boxes para colocar nova asa e Parker Nicklin três voltas para tentar dar um jeito na suspensão, mas voltam pra prova.

Relargada na volta seis, com Alberico na ponta e seguido por Gutierrez, Burkett, Urrutia, Kyle Connery e Garett Grist.  

Enquanto Alberico se distanciava novamente do pelotão, Gutierrez e Burkett brigam mais fortemente pela segunda posição e Burkett até consegue assumir o segundo lugar na curva um da volta nove, mas sofre o xis de Gutierrez três curvas depois.

Com menos carros na pista, houve também menos ação na prova, e mesmo com a bandeira amarela provocada pelo abandono de Bobby Eberle na volta 15, não houve mais modificações de posição e Alberico vence novamente, com Gutierrez em segundo e Burkett em terceiro.


Com as duas vitórias, Neil Alberico lidera o campeonato, 22 pontos a frente do surpreendente Santiago Urrutia e 24 pontos a frente de Jose Gutierrez. A próxima etapa do campeonato acontece em NOLA motorsports park, dias 11 e 12 de Abril.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário