E agora, Bryan?

Sem Hawksworth e sem o engenheiro Steve Newey, você volta pra 2015?

Bryan Herta deu uma entrevista a Racer Magazine falando sobre como andam as coisas na BHA, já que os fãs achavam que a saída de Hawsworth para a AJ Foyt iria influenciar para uma possível desistência da equipe de correr a temporada 2015, mas segundo Herta, nada está acabado para o time que venceu a Indy 500 de 2011 com Dan Wheldon. "Estamos só em outubro", disse o dono da equipe.

"Eu odiei perder Jack, mas eu não tinha nada e nem um bom carro, então, o deixei ir", lembrando que Hawksworth conseguiu resultados surpreendentes em 2014, como largar três vezes nas cinco primeiras posições e um pódio em Houston. "Estamos trabalhando duro agora para ter alguém no carro #98, e estou confiante que iremos conseguir alguém, Ano passado também não tínhamos nada definido em outubro, porque ainda tivemos corrida até essa época do ano."

Sobre Steve Newey, com quem trabalhava desde 2010, Herta falou que este foi um bom momento para que o engenheiro se separasse da equipe. "As pessoas não deveriam ler nada de sinistro nisso. Eu tenho muito respeito por Steve."

Herta vai estar tanto na Indy quanto na Global Rallycross em 2015 e ainda bancará a carreira de Colton Herta, de apenas 15 anos, que correu na USF 2000 este ano e agora está na Asia Cup. Caso o planejamento de tudo dê certo, a equipe ainda pretende colocar um segundo carro na Indy 500, e mais:  "A situação ideal para mim é arranjar fundos para contratar o melhor cara." E isto inclui Luca Filippi, que correu equipe em 2013.

Fontes: Racer Magazine
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário