USF2000: RC Enerson, Jake Eidson e Florian Latorre vencem em Mid-Ohio.

OS três principais candidatos ao título venceram na rodada tripla em Mid-Ohio.  Chuva, contato entre líderes, batidas fortes e muita emoção rolou em Lexington.

Depois de RC Enerson dominar os treinos livres e Florian Latorre conseguir a pole das três provas, não havia mais atividades além das provas, e foram muitas provas.

Corrida 1


Mesmo com o céu meio nublado na sexta feira à tarde os procedimentos de largada foram iniciados com Latorre em primeiro, Enerson em segundo, Portante em terceiro, Telitz em quarto e Franzoni em quinto.

Enerson, Latorre e Burkett na frente logo depois de duas curvas
Mas logo na largada quem passou a primeira curva na liderança foi Enerson, Latorre largou mal e perdeu posição também para Daniel Burkett, que largou incrivelmente bem e pulou de sexto para segundo em poucas curvas.  

Mas pouco depois a corrida foi interrompida devido a um acidente mais atrás entre Nico Jamin, Clark Toppe e Adrian Starrantino. Starrantino abandonou ali mesmo, e a bandeira amarela foi acionada.

Franzoni, alguém aleatório da Afterburner e Myasava.
A relargada só aconteceu na volta seis, e Latorre logo re-passou Burkett. Tanto Latorre como Enerson logo se distanciaram do pelotão, impedido de fazer melhores voltas pela presença de Burkett. Com isso, na volta 14 (a quatro voltas do fim), Enerson tinha uma diferença de quase dois segundos a frente de Latorre, que tinha uma diferença de quase dez segundos para o resto do pelotão.

Na volta 15, começou a choviscar em Mid-Ohio. Não uma chuva forte o suficiente para os pilotos pararem nos boxes pra trocar os pneus, mas forte para eles diminuírem o ritmo em cerca de dez segundos por volta. Mais a frente, Enerson liderava sozinho, já que Latorre rodou no asfalto molhado e perdeu um bocado de tempo mas nenhuma posição.

Corridão de Daniel Burkett
No pelotão da briga pelo pódio, Burkett é ultrapassado por Peter Portante faltando duas voltas pro fim e recebia a pressão de Austin Cindric, quinto colocado, até o filho de Tim Cindric rodar e ficar estacionado na brita.  Um pouco mais atrás, Jake Eidson andou muito bem com asfalto molhado, e pulou do oitavo pro quarto lugar, passando Burkett, Telitz e Furuseth.

Mas não há mais tempo pra muita coisa, e Enerson vence! Com Latorre em segundo, Portante em terceiro, Eidson em quarto e Furuseth em quinto!

Victor Franzoni se esforça pra manter o carro num piso molhado com pneus de pista seca, e passa a linha de chegada na oitava posição.  Gustavo Myasava também consegue sobreviver as adversidades e completa a prova em 15º.

Corrida 2


RC pulou na frente de novo.
Choveu, e muito.  A segunda corrida chegou a ser adiada por alguns minutos para a chuva diminuir e a pista ter melhores condições de visibilidade. Florian Latorre largaria da ponta mais uma vez, com RC Enerson em segundo, a dupla da ArmsUp Motorsports Aaron Telitz e Peter Portante na segunda fila e Jake Eidson na quinta posição.

E teve a largana verdade não teve porque Juan Maldonado rodou na volta de apresentação. Na largada de verdade, RC passa Florian novamente na primeira curva, que nem na corrida 1. 

A pista estava muito escorregadia e mesmo com os carros equipados com compostos para chuva, muitos rodaram. Peter Portante, Florian Latorre, Aaron Telitz e Clark Toppe foram alguns deles. Até que na volta quatro Daniel Burkett passa reto no Keyhole (o grampo de Mid-Ohio) e, ao mesmo tempo, Colton Herta e Juan Diego Maldonado colidem.  Burkett e Maldonado são os primeiros a abandonar e a bandeira amarela é acionada.

Edison assumindo o terceiro lugar que...
A bandeira amarela demora tanto tempo que a prova será finalizada no relógio, após 40 minutos de competição. Relargada na volta oito, com RC ainda na ponta, Jake Eidson em segundo e o brasileiro Victor Franzoni na terceira posição. Na volta seguinte, Franzoni passa Jake e assume o segundo posto, indo a caça de RC.  Quando se aproximava do americano, nova bandeira amarela, fruto do toque entre Will Owen e Jeroen Slaghekke, que abandona.

Eles relargam na 13ª e última volta da prova, com a bandeira verde e a bandeira branca sendo agitadas ao mesmo tempo. Franzoni relarga mais rápido e assume a ponta na primeira curva, mas RC traciona melhor no Keyhole e reassume a ponta da prova. Victor Franzoni vê uma brecha e consegue ficar lado a lado com RC nos esses, os dos passam lado a lado por umas três curvas e...
e...
e...

e...



e...





E!...


Batem!

...Virou vitória!
Os dois passam um bom temo na grama, e Jake Eidson, que vinha três segundos atrás dos dois assume a ponta e vence!! Aaron Telitz, mesmo rodando na primeira volta, vem cheio de cuidados passa a linha de chegada em segundo lugar, com Henrik Furuseth saindo de décimo quinto pro terceiro lugar e com Florian Latorre em quarto lugar mesmo rodando também passa na quarta posição.

Victor Franzoni consegue completar na quinta posição, mas os fiscais de prova o consideraram culpado do acidente, e o piloto teve 30 segundos acrescidos a seu tempo final, terminando em 14º. O quinto colocado real foi o francês (e lindo) Nico Jamin.

Gustavo Myasava, também brasileiro da Afterburner Autosports, largou da décima sétima posição e vinha fazendo boa prova, figurando entre os dez primeiros até as quatro voltas finais, até aquaplanar e rodar na volta 9 e caindo para o 15º posto até a última bandeira amarela.  Na última volta, Myasava passa Andrew List e James Dayson e se aproveitando dos erros de Franzoni e Peter Portante na última volta, completa na 11ª posição.


Corrida 3


Overdose de USF2000. A terceira corrida do fim de semana foi realizada na manhã de domingo. E depois dos procedimentos de largada serem feitos, foi agitada a bandeiraver-amarela, por que os carros não estavam bem alinhados, mas na volta seguinte veio a bandeira verde!

Finalmente Latorre se deu bem em uma no fim de semana.
Dessa vez Florian Latorre largou e perdeu posição para ninguém na largada, ao contrário das duas primeiras provas. Quem não se deu bem foi RC Enerson, que perde posições para Peter Portante e Daniel Burkett. Na volta seguinte, no mesmo ponto em que foi ultrapassado, Enerson retoma o terceiro lugar de Burkett.

Diferentemente das outras provas, essa foi mais morna.  A prova manteve a sequência Latorre-Portante-Enerson-Burkett-Franzoni, com um abrindo diferença para o próximo piloto e tomando distância do resto do pelotão liderado por Clark Toppe e Adrian Starrantino.

Como ficou o carro do Starrantino
E foram esses os protagonistas do próximo incidente.  Na volta 14, a quatro do fim, os dois vinham lado a lado desde a curva quatro até a curva oito, quando Starrantino levou um chega pra lá de Toppe e acabou na barreira de pneus.  Bandeira amarela.

A relargada não aconteceu na verdade, a prova foi encerrada na volta 18, como previsto, e encerrou sob regime de bandeira amarela. Latorre vence! Portante passa em segundo, Enerson em terceiro, Burkett em quarto e Victor Franzoni em quinto!

Gustavo Myasava faz uma corrida consistente largando do 15º posto caiu para 17º na largada, e numa pista de difícil ultrapassagem em condições normais, acabou terminando a prova nessa posição mesmo.


Depois dessas três corridas, e faltando apenas mais duas corridas para terminar o campeonato, Florian Latorre é o líder do campeonato com 277 pontos. Trinta pontos atrás vem Jake Eidson, que permanece três pontos a frente de Rc Enerson. Apenas esses pilotos ainda tem chances de ser campeão.  Victor Frazoni ainda disputa o campeonato de "novato do ano", está no quinto lugar, com 185 pontos (17 pontos atrás de Aaron Telitz, o outro postualnte a "novato do ano"), enquanto Gustavo Myasava vem no 18º lugar, com 57 pontos.

A etapa final do campeonato acontece em duas semanas, quando a USF2000 disputa pela primeira vez uma rodada dupla no circuito de Sonoma, na Califórnia.
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário