Jack Hawksworth está liberado para correr a partir de Iowa.

Após exames realizados nessa terça-feira (8 de julho), Dr. Michael Olinger, diretor da divisão médica da Indycar, liberou o piloto para correr nesse fim de semana a Iowa Corn 300 presented by Dekalb pela Bryan Herta Autosports.



Jack Hawksworth sofreu um acidente forte no segundo treino livre em Pocono, no sábado (5 de julho). Seu carro perdeu o controle na curva um do circuito (a mais fechada, inclinada e perigosa) e a força do acidente ultrapassou a faixa dos 100G. O piloto precisou de ajuda para sair do cockpit de seu carro, foi movido ao pronto socorro que fica dentro do Pocono International Raceway e de lá foi movido para o Lehigh Valley Health Network, em Allington, Penssylvânia.


O resgate da batida sofrida em Pocono.
"Entrei na curva um muito forte, meu carro sobre esterçou naquele ponto (virou demais) e perdi a direção do carro. Nesse momento nada podia fazer e meu carro foi em direção ao muro" conta Hawksworth para a NBCSN logo após a batida. "Aconteceu muito rapidamente e senti apenas um estalo. Eu estou bem, estou apenas um pouco dolorido."

"Meu carro tinha alguns problemas de ajuste. Ele vinha sub esterçando (virando pouco) naquele ponto da pista durante toda a sessão. Entretanto, a pista mudou suas condições, o vento passou a ser a favor naquele ponto da pista e quando passei lá novamente o carro sobre esterçou ao invés de sub esterçar, e como resultado perdi a frente do carro e bati no muro."

 No mesmo dia da batida, foi diagnosticada uma contusão no miocárdio causada pela batida sofrida a pouco tempo. O piloto ficou sob observação até o dia seguinte, e tanto o piloto como a equipe não participaram da Pocono Indycar 500 fueled by Sucnoco.

Na terça-feira o piloto voltou ao hospital, e foi liberado para correr após consulta e bateria de exames. Jack Hawksworth já chegou três vezes entre os dez primeiros no campeonato e está na décima sexta posição com 227 pontos.


Batida em Houston
Essa não foi a primeira batida mais forte do piloto. Jack já havia estampado bem forte o muro duas vezes: uma nos treinamentos para as 500 milhas de Indianápolis, quando seu carro saiu de traseira na curva um; e outra um fim de semana antes de sua batida em Pocono, feita durante os treinamentos para a rodada dupla de Houston,quando o piloto passou por cima da zebra da primeira chicane e chegou a tirar as quatro rodas do chão. Todos esses acidentes não haviam gerado maiores consequências tanto para o piloto quanto para a equipe, e eles haviam participado normalmente das etapas seguintes.

Lesões no miocárdio ocorrem geralmente quando há movimentação (tanto de frente para trás quanto para os lados) dentro da caixa torácica, geralmente causados por diminuição muito brusca de velocidade. 

Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário