• Indycar trabalha para reduzir lesões nas mãos dos pilotos

    A Indycar vem desenvolvendo vários mecanismos com o objetivo de reduzir a quantidade de lesões nas mãos e nos punhos dos seus pilotos.

    Entre as possibilidades estão um novo amortecedor de direção, uma cinta polegar/pulso adaptada de corridas de motocross e um material de absorção de energia para os volantes.

    O especialista em segurança da Indycar Dr. Terry Trammell está trabalhando com vários fabricantes  uma cinta para os motoristas que é flexível o suficiente para deixá-los apertar os botões no volante, mas também forte o suficiente para proteger em um acidente.

    Lesões nas mãos e pulsos têm se tornado frequentes.
    (Foto: Getty Images)

    Durante os testes recentes em Mid-Ohio, James Hinchcliffe contou com um amortecedor hidráulico, que é projetado para neutralizar a transferência de energia para as mãos do piloto em um acidente.

    O amortecedor, que trabalha em conjunto com a deformação de peças de suspensão para dispersar a energia, foi testado pela primeira vez no mês passado, por Charlie Kimball, durante uma sessão de testes da Chip Ganassi em Sebring (Flórida).

    Ryan Briscoe, que quebrou o pulso em um acidente no ano passado em Toronto, avaliou o desenvolvimento nessa área:

    "O amortecedor de direção pode ser a melhor opção; você tem contato roda-a-roda com paredes em alguns circuitos mistos / rua ou o com a barreira dos ovais e você sente todo o choque através do volante", disse Briscoe recentemente.

    Esse sistema de proteção também pode ajudar em incidentes onde o volante se choca com o pulso do piloto após o impacto do carro no muro.

    Fonte: Motorsports Talk
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário