Bryan Herta liga o shuffle e acerta com Ryan Phinny pra correr na Lights. George Clooney está envolvido.

Eis que, depois de dois meses testando, a Bryan Herta Autosport feat. Bowen & Bowers Motorsports and Jeffery Mark Motorsports assina com Ryan Phinny para correr em Toronto, Mid-Ohio e Sonoma. 

Drive, bitch! (twitter: @ryanphinny)
A equipe que não vou repetir o nome rescindiu o acordo com Lloyd Read por motivos não esclarecidos pela equipe (leia-se falta de patrocínio) e deixou o menino se perguntando o que fazer da vida.  Daí a equipe ficou dois meses (!!) testando com vários pilotos (perdendo as etapas do oval de Indianápolis e de Pocono), como o dudebro da USF2000 Peter Portante e o brasileiro Pipo Derani, entre outros que sumiram do meu radar, e assinou com a versão automobilística do Jesse Pinkman um pouco mais saudável.

Até o Peter Portante testou num carro quase 300hp mais rápido com o que ele corre (twitter @portante24)
Confesso que ele sempre passou completamente despercebido de meu radar das categorias de base e, por esse motivo, o anúncio me deixou de cara no chão. Olha que ele pilotar pela equipe nem foi tão repentino, pois o piloto vinha postando fotos com o carro desde a última semana de junho, mas o anúncio oficial veio apenas nessa quarta (9 de julho).

Phinny também cometeu erros quando adolescente, como essa cor de cabelo.

Após pesquisar pra caramba descobrimos que o Hollywoodiano começou bem no automobilismo, e subiu no pódio da SKuSa (troféu muito famoso no kart que eu nunca tinha ouvido falar também) em 2005. Correu na Fórmula BMW em 2006 e na Star Mazda em 2007, mas sua carreira nos monopostos não conseguiu avançar. Sem se abalar, Ryan partiu pro endurance, correndo na ALMS e na Grand-Am em 2008-9, mas daí foi flopado lá também. Daí, voltou pro Kart, competiu na SKuSa de novo em 2010 e vem fazendo corridas aleatórias desde então.

Mas a escolha de Phinny não foi tão aleatória assim. Uma peça importante nesse acerto foi George Clooney!!!!!111!!!onze!1!! O patrocínio maior desse carro é a Tequila Casamigos. Fundada em 2012 por George Clooney e uns amigos que ninguém liga, fazendo tequila ultra-premium para que ricaços possam se embebedar ao melhor estilo mexicano mas sem perder o luxo e a riqueza. Contatos são tudo nesse mundo automobilístico. 

O culpado
Mas parece que Pinkman quer sair dessa vida de aleatório qualquer. O plano dessa vez é fazer todas as etapas em misto que estão previstas na Indy Lights (uma em Toronto, duas em Mid-Ohio e duas em Sonoma) e várias sessões de testes na pré-temporada para entrar na Indycar.  Dinheiro parece que não está faltando, agora precisamos ver a habilidade do Pinkman.


Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário