Indy 500: Rahal diz que terceiro carro é algo improvável

O piloto Graham Rahal afirmou ao site norte-americano "Autosport" que o plano da RLL de colocar um terceiro carro na Indy 500 desse ano será algo improvável.

Na corrida do ano passado, a equipe não conseguiu classificar seu terceiro carro entre os 33 participantes, na ocasião pilotado pelo veterano Michel Jourdain Jr (foto). Aliás, foi o único carro a ficar de fora do grid de largada das 500 milhas.

Michel Jourdain Jr não conseguiu classificação na Indy 500 de 2013.
(Foto: Autoweek)

Graham Rahal disse que a equipe adquiriu mais experiência e dessa vez deve focar todos o trabalhos nos seus dois carros principais.

"Eu acho que os dois carros são o planejamento para agora, mas você poderia perguntar ao meu pai [Bobby Rahal, co-proprietário da RLL] e ver quais são seus planos", disse Rahal. "Nós, como equipe, tiramos a conclusão que a escolha de competir com os três carros não foi a ideia mais sábia. Mas nunca se sabe. Nosso foco é fazer o melhor que pudermos para nossa nova parceira, a National Guard".

"Nós vamos dar o melhor, e precisamos ter certeza de que temos todo o grupo focado também no Oriol Servià", continuou Graham.

Servià foi anunciado no início da semana como o segundo piloto da equipe, ainda que em corridas alternadas. Mesmo a RLL competindo apenas com seus dois carros principais, a direção da Indycar continua confiante de que o tradicional grid de 33 carros será preenchido na edição deste ano.

"Eu acho que há bastante interesse por outras equipes", disse Derrick Walker, presidente de operações da IndyCar. "Eu não vejo isso como um problema neste momento. Há ainda uma abundância de bons pilotos, carros e planejamentos em andamento que vamos acompanhar de perto", finalizou.

Fonte: Racer
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Indy Center

Somos um site focado especialmente em Fórmula Indy no Brasil, trazendo as principais notícias da série, além de entrevistas, vídeos e análises das categorias de base.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário