Post Page Advertisement [Top]

Tetracampeão da Champ Car, Sebastien Bourdais não vai correr pela Dale Coyne Racing em 2020. O piloto francês, que se juntou à Coyne em 2017, teria contrato com o time até o fim do ano que vem, mas foi informado pela direção da equipe que o acordo não seria honrado. As informações são da revista norte-americana Racer.


Acredita-se que uma grande necessidade de financiamento levou à decisão da equipe Dale Coyne de rejeitar Bourdais a favor de encontrar um piloto pagante para concluir o orçamento operacional da entrada. O momento da decisão tardia da Coyne é bastante prejudicial para Bourdais na Indy, cujas opções parecem estar severamente limitadas com uma nova temporada que se aproxima rapidamente em março. No entanto, a boa notícia para Seb é que ele já encontrou um novo lugar para correr.

A JDC-Miller Motorsports anunciou nesta sexta (22) que Bourdais fará parte do time nos temporadas 2020 e 2021 da IMSA, campeonato americano de corridas de endurance que surgiu através da fusão de duas categorias: a American Le Mans e a Rolex Sports Car. Bourdais vai correr no carro #5 ao lado do portugês João Barbosa.

No Twitter, o piloto francês agradeceu por todas as mensagens de suporte que recebeu, mas destacou que não vai comentar sobre a sua saída da DCR. Bourdais também deixou claro que a sua saída da equipe não significa necessariamente o fim da sua carreira na categoria.

Fonte: Racer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]