Post Page Advertisement [Top]

Ferrucci mostrou mais uma vez porque é considerado o calouro do ano em 2019
A IndyCar abriu suas atividades na tarde de hoje em Gateway. Com um treino livre de 45 minutos que teve a liderança de Santino Ferrucci, da Dale Coyne Racing. O top 5 ainda contou com Marcus Ericsson em segundo, Scott Dixon em terceiro, Josef Newgarden em quarto e Sebastien Bourdais em quinto. Dentre os postulantes ao título, Alexander Rossi ficou em sexto e Simon Pagenaud somente em 14º. Além disso, os brasileiros Tony Kanaan e Matheus Leist ficaram em 17º e 18º respectivamente.

O top 10 foi dominado pela Honda com 8 carros. Somente Newgarden e Power, com motor Chevrolet, estiveram no grupo dos 10 primeiros. E o treino livre transcorreu na mais absoluta tranquilidade, sem nenhum acidente e nenhuma bandeira amarela. Porém, apesar do domínio da Honda, a sessão foi liderada por Newgarden na maior parte do tempo. Até que foi superado nos 5 minutos finais.

Analisando a quantidade de voltas de cada piloto, aparentemente todo mundo andou mais ou menos a mesma quantidade de tempo durante o treino livre. Felix Rosenqvist, em 11º lugar, foi quem esteve na pista por mais tempo. Com 62 voltas. Não muito diferente de Ferrucci, o líder do treino, que andou 59 voltas. Mas o que causa estranheza é o fato de James Hinchcliffe ter sido o último colocado. Sendo que o canadense andou 50 voltas, ou seja, na mesma faixa que o restante. O que não indica que ele tenha tido qualquer tipo de problema.

Confira o resultado do TL1 em Gateway:

Marco Andretti no fundão do grid em mais um dia normal na Indy
O grid de largada será definido na noite de hoje às 19h15. A cobertura em tempo real você confere no Twitter do IndyCar da Depressão. E para mais informações continue acessando o Indy Center Brasil que a gente vai colocar o resumão de tudo que estiver rolando na Indy. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]