Post Page Advertisement [Top]

Ex-piloto de Fórmula 1 pela Sauber e atual piloto do IMSA, o piloto brasileiro Felipe Nasr foi convidado pela equipe Schmidt Peterson Motorsports para participar de um teste nesse fim de semana no circuito de Mid-Ohio.


O brasileiro está entre os principais pilotos a serem considerados pelas equipes da IndyCar desde que mudou o foco da sua carreira pós-F1 para os Estados Unidos em 2018. Depois de passar duas temporadas na F1 ao lado do atual piloto da SPM, Marcus Ericsson, Felipe Nasr acabou voltando a sua carreira para os carros esportivos, onde vem se destacando.

"Estamos avaliando os pilotos", disse o gerente geral da SPM, Taylor Kiel, à revista norte-americana RACER. "Queremos ter certeza de que temos os melhores mecânicos, engenheiros e todo mundo, incluindo pilotos, e o Felipe está no nosso radar há algum tempo."

Com o piloto de longa data da SPM, James Hinchcliffe, ainda sob um contrato de vários anos e com o sueco Marcus Ericsson tendo expressado seu desejo de permanecer com a equipe em 2020, Kiel diz que fazer um teste com Nasr se encaixa perfeitamente em uma recente iniciativa desenvolvida pela equipe para avaliar os talentos daqueles que vêm de fora do paddock da Indy.

"A IndyCar nos dá a oportunidade de testar um piloto em um dia de avaliação, e usamos um dia como esse com o Robert Wickens no passado, com Marcus no ano passado, e vamos fazer isso com Felipe este ano", disse Kiel. "Isso nos dá mais dados para trabalhar do que tínhamos antes, e nos dá a chance de conhecer alguém novo que pode ser adequado para esses carros no futuro".

Pilotos da SPM na temporada atual, Hinchcliffe e Ericsson ocupam respectivamente as 8ª e 15ª posições no campeonato.

Fonte: Racer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]