Post Page Advertisement [Top]

Megennis surpreende ao ficar a frente de seus ois companheiros de equipe e sobe no campeonato. Kohl permaneceu no nono lugar.


O fim de semana da Indy Lights começou meio melancólico no misto de Indianápolis, pois o grid, que já é razoavelmente pequeno, diminuiu ainda mais. O argentino Julien Falchero, que correu as duas primeiras etapas (em St. Pete e em COTA) não continua no terceiro carro da Belardi Auto Racing e, com isso, o número de carros no grid caiu de dez para nove.

Os nove pilotos seguiram para o misto de Indianápolis onde, normalmente, a Andretti Autosport vai muito bem mas, pelo visto nos treinos de quinta-feira, parecia que esse domínio seria menor. O primeiro treino aconteceu sob chuva e nenhum dos pilotos deu mais de três voltas na pista, mas no treino da tarde os quatro primeiros tempos foram feitos por pilotos das quatro equipes do campeonato: quem liderou foi David Malukas (BN Racing), seguido por Robert Megennis (Andretti), Dalton Kellett (Juncos) e Zachary Claman (Belardi). No terceiro treino, realizado no fim da tarde, foi que a Andretti finalmente liderou com Ryan Norman, seguido por David Malukas e pelo vice-líder do campeonato Rinus VeeKay (Juncos). O líder Oliver Askew (Andretti) tinha feito apenas o quinto tempo.

Mas no treino classificatório, realizado na sexta de manhã, tudo voltou ao normal. A Andretti colocou seus três carros nas quatro primeiras posições. No começo do treino askew vinha bem e assumiu a ponta da tabela mas, no meio do treino, no fim do primeiro stint do pneu, VeeKay fez o melhor tempo, a frente de Megennis e Askew. 
Lucas Kohl seguindo para um fim de semana um pouco mais difícil que os outros.
O segundo pneu quase sempre faz tempos melhores que o primeiro pneu e os pilotos quase sempre conseguem melhorar suas marcas no fim do treino, mas, com o tempo frio, isso demorou a acontecer, e só faltando três minutos para o fim do treino classificatório que Robert Megennis finalmente conseguiu superar o tempo de VeeKaye tomar a pole provisória. VeeKay ficou com o lugar na priemira fila, seguido pela outra parte da equipe Andretti: Oliver Askew em terceiro e Ryan Norman em quarto.

Já no lado brasileiro a vida não estava muito fácil. Lucas Kohl, estreando na Lights nessa pista e com a Belardi não tendo aquele desempenho que emparelha com as equipes ponteiras, o gaúcho de 21 anos ficou em nono tanto no terceiro treino livre como no treino classificatório, não tão distante assim de seu companheiro Zachary Claman, que ficou preso na terceira fila.

A largada ocorreu limpa e sem incidentes, mas não sem emoção. Normalmente, nas categorias de base em Indianápolis misto, a linha com as posições ímpares largam melhor do que as posições pares, e isso foi visto na primeira corrida do "fim de semana" da Indy Lights. Megennis largou muito bem e ficou quase sozinho na posta, enquanto Askew se aproveirava do vácuo de seu companheiro de equipe e subia para o segundo posto, dividindo curva com VeeKay e assumindo de vez a vice-liderança da prova na curva 1.
Indianápolis é linda mesmo vazia e com os carros no sentido errado.
Norman tentava se aproveitar da largada não tão boa de VeeKay e passá-lo na curva dois, assumindo o terceiro lugar de VeeKay, que caía para quarto. Mais atrás, Claman largou bem e pressionou Malukas na reta, quando Kellett emparelhou com o canadense e fizeram 3-wide na primeira curva da prova; mas as posições não mudaram e Malukas continuou em quinto, seguido por Claman e Kellett. Kellett perdeu um pouco de terreno e foi ultrapassado por Toby Sowery na curva doze, caindo para o penúltimo lugar. Ele foi pressionado por Kohl, mas conseguiu manter sua posição na segunda volta.

A primeira volta terminou com Megennis na ponta, seguido por Askew, Norman, VeeKay, Malukas, Claman, Sowery, Kellett e Kohl.

Askew pressionava Megennis, e conseguiu assumir a ponta da prova na curva 1 da terceira volta (de trinta totais). mas acabou reultrapassado no mesmo lugar na quinta volta. Os dois se distanciavam pouco a pouco do pelotão, enquanto VeeKay, Malukas e Claman ficavam presos atrás de Norman. 

Essa segurada de Norman durou apenas até a nona volta, quando VeeKay pressionou na reta oposta ao conseguir colocar por dentro de Norman na curva sete e se manter por dentro até ter a preferência da curva e cosneguir o terceiro lugar. Norman perdeu o quarto lugar também para Malukas na curva doze da mesma volta. No entanto, conforme os pneus foram se desgastando, o desempenho melhor da Andretti começou a ficar mais evidente e Norman conseguiu facilmente recuperar sua quarta posição na volta catorze.

E... bem, nada mais aconteceu nas dezesseis voltas seguintes. A Andrettit tem desempenho melhor que as outras com pneus mais desgastados e, com isso consolidou facilmente sua dobradinha. Megennis vence!  Askew passa a linha de largada/chegada em segundo e Rinus VeeKay salvou um terceiro lugar.

Resultados e pódio.
Com esses resultados, Askew consolida e aumenta mais sua liderança no campeonato, de seis para nove pontos de diferença para VeeKay, com Megennis pulando de quinto para terceiro no campeonato. Kohl permanece no nono luga no campeonato, a um ponto de Falchero e quatro pontos a frente de Kellett.

A próxima prova acontece hoje ao meio dia, então fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]