Post Page Advertisement [Top]

E um dos dois "a ser anunciado" da lista de 36 carros finalmente foi anunciado, e é o californiano Kyle Kaiser, que correrá as 500 milhas no #32 da Juncos Racing.


Foi anunciado anteontem (5 de março) o piloto do carro único da Juncos Racing nas 500 milhas de Indianápolis e, sem nenhuma surpresa, é o californiano Kyle Kaiser que pilotará o #32.

Kaiser foi o campeão da Indy Lights de 2017, correndo de Juncos e depois de correr três temporadas na principal categoria de acesso à Indy. O piloto de 23 anos estreou na Indy no ano passado pela própria Juncos, mas a equipe não tinha dinheiro para fazer a temporada completa e Kaiser pilotou apenas quatro provas no ano passado e na única prova que a Juncos confirmou presença nesse ano, em COTA. Kyle Kaiser tem como melhor resultado na curta carreira da Indy um 16º lugar em Long Beach 2018 e nunca completou uma prova em oval na Indy.

Já a Juncos parece ter diminuido seus planos na Indy. Depois de anunciar que alinharia um carro na temporada do IMSA, a equipe do argentino Ricardo Juncos parece ter focado bem mais suas forças em fazer sua equipe dos endurances do que nos monopostos americanos.


E a principal razão disso é dinheiro. Os recursos financeiros da equipe do IMSA vem por meio dos pay drivers Augustin Canapino e René Binder, enquanto esse piloto pagante não apareceu na Indy. Tanto é que, até o momento não foi anunciado nenhum patrocinador para o #32.

E assim chega a Juncos para sua terceira Indy 500. Na primeira delas, em 2017, Sebastian Saavedra e Spencer Pigot conseguiram um Top 20 (com Saavedra ficando no 15º lugar, o melhor resultado da Juncos em todas as corridas da Indy) e, no ano passado, o mesmo Kyle Kaiser se classificou na sexta fila mas teve problemas em seu carro na volta 110.

Será que, com um risco maior de ficar sem se classificar e uma crise financeira maior na equipe, não veremos o verde, laranja e branco da Juncos no grid? Aguardemos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]