Post Page Advertisement [Top]

A segunda categoria de base do Road to Indy mudará de nome após a saída da Mazda como patrocinadora oficial.


Foi anunciada ontem (13 de dezembro), quando a Andersen Promotions mostrou a mudança de nome do segundo degrau do Road to Indy: Pro Mazda presente by Cooper Tires passa a ter o pequeno nome de Indy Pro 2000 Championship presented by Cooper Tires.

É uma mudança que parece bem óbvia, tirar o nome da antiga patrocinadora da categoria, a Mazda, para um nome mais plano e comum, só esperando um novo patrocinador para aumentar ainda mais seu nome e a conta bancária de Dan Andersen. 

Mas, a mudança não era tão óbvia assim. Essa segunda categoria esteve como categoria de base da CART desde 1991, e ela se chamava na ocasião Star Mazda não porque a Mazda patrocinava a categoria, mas porque essa era a única categoria que utilizava um tipo de motor aspirado e rotativo (Chamado Mazda Wankel) que era fabricado exclusivamente por ela. Assim, como só a Mazda fazia esse motor, só ela os fornecia para a categoria e o nome se tornava óbvio. O tempo passou, o nome mudou para Pro Mazda em 2013 (quando o Road to Indy nasceu), mas as características continuavam a mesma. Até por esse motivo eu acreditava que a categoria não mudaria de nome. Eu estava redondamente errado. Mesmo com a categoria ainda mantendo o motor Mazda Wankel, a categoria decidiu mudar de nome após o encerramento do patrocínio da Mazda ao Road to Indy.
Compre já a sua na Polishop. Brincadeiras a parte, parece realmente que eu estou falando mal do novo nome da categoria só porque eu errei que ela trocaria de nome, mas a verdade é que achei realmente bem ruim e sem sentido.
E mudou para um nome incrivelmente ruim, pois Indy Pro 2000 não faz sentido algum. Quer dizer, faz algum sentido, pois cita que ela será a "categoria do meio" do Road to Indy: Indy Lights, Pro, USF2000 Championship; mas o nome continua bem ruim e forçado, pois a categoria tem bem mais que 2000 cilindradas e "Indy" e "Pro" são nomes genéricos que nada representam (vide Indy Pro Series, o nome da Indy Lights entre 2006 e 2007) e dá identidade nenhuma a categoria, parecendo que ela está apenas enchendo linguiça entre a USF2000 e a Indy Lights.

Mas enfim, fazer o quê. Sigamos com furacão 2000 agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]