Post Page Advertisement [Top]

Marcus Ericsson, piloto sueco de 28 anos que esteve correndo na F1 pela Sauber nas últimas quatro temporadas, vai disputar a temporada 2019 na Indy. O anúncio foi feito pela própria equipe nesta terça (30). 


A mudança de Ericsson para a Indy tem a ver com a dança das cadeiras que vêm ocorrendo na F1. Com o atual companheiro de equipe, Charles Leclerc, se mudando para a Ferrari no próximo ano, a Sauber vai renovar completamente a sua formação para 2019, que contará com Kimi Raikkonen ao lado do italiano Antonio Giovinazzi.

"É uma grande honra ser escolhido como um dos pilotos da Schmidt Peterson Motorsports e da Indy para a temporada de 2019", disse Ericsson. "Parece ser um passo perfeito para mim e para minha carreira depois de cinco anos na F1. As corridas na Indy parecem ótimas e eu me sinto muito animado em fazer parte disso no futuro. Vai ser muito bom aprender, incluindo novas pistas, corridas ovais, etc. Sei que não será fácil, mas é um desafio que estou muito ansioso e mal posso esperar para começar".

O co-proprietário da equipe, Sam Schmidt, comentou sobre a escolha do seu novo piloto.

“Ric [Peterson] e eu estamos animados em dar as boas-vindas a Marcus ao time. Ele tem muita experiência em competir nos níveis mais altos do automobilismo, por isso acreditamos que ele poderá contribuir para o nosso programa de desenvolvimento que começou em 2018. Apesar dos circuitos do calendário da Indy serem novos para ele, particularmente os ovais, temos muita confiança em sua vontade de aprender junto com sua ética de trabalho. Achamos que ele e James [Hinchcliffe] ajudarão um ao outro e lutarão por vitórias.”

Ericsson vai pilotar o carro #7 da SPM, enquanto que o #6 fica designado ao retorno de Robert Wickens "quando ele quiser e puder retornar", segundo os próprios donos da equipe.

Fonte: Motorsport

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]