Post Page Advertisement [Top]

O uruguaio da Belardi Auto Racing conseguiu sua segunda vitória nesse ano e suas esperanças de ser campeão da esvaziada Indy Lights aumentaram para ele. Já as esperanças de Franzoni diminuíram bastante :(
Seguimos para a segunda parte do fim de semana em Toronto, com o segundo treino classificatório e a segunda corrida, ambos realizados no domingo. Mas, nessa segunda parte do fim de semana, havia uma certa tensão no ar devido aos acontecimentos de ontem.

Ontem Colton Herta, líder do campeonato antes de Toronto, bateu forte na curva cinco, enquanto estava no segundo lugar da prova e buscava alcançar o líder Patrício O'Ward. Além do último lugar e de perder a liderança do campeonato para o seu companheiro de equipe, o filho de Bryan Herta fissurou um dedo de sua mão e, apesar de ser liberado pelos médicos para correr, a presença dele não era garantida.

Victor Franzoni também tinha sua permanência na prova (e no campeonato) colocada em dúvida. O brasileiro foi campeão da Pro Mazda no ano passado, o que lhe rendeu de premiação 590 mil e 300 dólares de patrocínio da Mazda para a temporada na Indy Lights. O problema é que essa quantia não cobre toda a temporada, apenas cerca de 70% dela numa equipe como a Juncos Racing, e sem inclusão de pagamentos por quebras do carro. Como a Juncos está pobre com seu programa na Indy principal tendo problemas, a equipe ficou quase sem dinheiro, e Victor Franzoni não tem apoiadores no sentido financeiro. No entanto, a batida do brasileiro ontem (também na curva cinco e também quando estava na segunda posição) complicou bastante a situação do programa do carro #23 da Juncos na Lights a ponto de não sabermos se ele estaria na pista no último dia de atividades em Toronto.

Enfim, no domingo de manhã tivemos os sete carros na pista para o treino classificatório. Bem, mais ou menos, Franzoni deu apenas uma volta rápida e recolheu seu carro, evitando maiores danos para as corridas seguintes, e com isso fez o sétimo e último tempo. Os outros seis pilotos foram para a pista normalmente, onde a estratégia realizada por todos é ir para a pista fazer um tempo de garantia, voltar para os pits, colocar pneus novos e fazer as voltas mais rápidas do dia.

Mas não teve para ninguém. Urrutia fez o tempo mais rápido tanto na primeira quando na segunda ida pra pista dos pilotos, se aproveitando do seu acerto melhor para as temperaturas menores, e conseguiu a pole da prova 2. O'Ward fez o segundo melhor tempo, com Colton Herta conquistando um lugar na segunda fila, mas confirmando que apenas largaria e estacionaria, pois a dor em sua mão tinha voltado.

Cooper Tires Indy Lights Grand Prix of Toronto Presented by Allied Building Products Race 2

Bem, não houve muito o que comentar da corrida. Herta optou por largar dos boxes cerca de dez segundos depois de todos passarem pela linha de largada/chegada, para não atrapalhar os pilotos, enquanto Franzoni largou da última fila, andou duas voltas e recolheu seu carro. Na volta seguinte Colton Herta estacionou nos pits novamente, sendo creditado o sexto lugar para ele e o sétimo para Franzoni.

E nada mais aconteceu, nenhuma ultrapassagem, nenhuma tentativa maior de ultrapassagem. 

Urrutia vence! O'Ward termina em segundo, com Telitz em terceiro!


O'Ward permanece líder do campeonato e agora aumenta sua vantagem de oito para dezoito pontos para o machucado Colton Herta. Urrutia conseguiu diminuir sua diferença para Herta também, e agora o Uruguaio está a apenas 22 atrás dada para o primeiro e para o segundo é de oito pontos. Victor Franzoni está em quarto no campeonato, com 245 pontos.

A próxima etapa acontece em duas semanas, com rodada dupla em Mid-Ohio. Espero que não tenhamos apenas duas equipes e cinco pilotos lá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]