Post Page Advertisement [Top]

Americano da Andretti faz uma parada a menos do que os demais líderes da prova, vence a segunda na temporada e assume a vice-liderança do campeonato. Tony Kanaan termina em 18º, Matheus Leist em 19º e Pietro Fittipaldi em 23º.

A Corrida

Na largada, o pole position Alexander Rossi acelerou forte após segurar muito e quase causar um pandemônio no resto grid, disparando na ponta, seguido por Will Power em segundo e Josef Newgarden, que largou em quarto e superou Ryan Hunter-Reay nas primeiras curvas.

Entre os brasileiros, Tony Kanaan largou bem e subiu da 19ª para a 18ª posição. Matheus Leist também ganhou uma posição e subiu de 21º para 20º, enquanto Pietro Fittipaldi perdeu um posto e caiu para 23º.
Após dez voltas, Rossi seguia na ponta, pouco mais de dois segundos à frente de Will Power. Enquanto isso Kannan continuava com sua corrida de recuperação e já figurava em 13º. Leist também ganhou posições e ocupava o 17º posto, enquanto Fittipaldi era o 23º e penúltimo, graças a uma parada para troca de pneus antecipada pela Dale Coyne.
Com a maioria dos pilotos já tendo feito suas paradas para reabastecimento e troca de pneus, apenas os quatro primeiros colocados, Rossi, Power, Newgarden e Scott Dixon se mantinham na pista, após 20 voltas, com quatro segundos separando o primeiro do quarto.
Quatro voltas mais tarde, Newgarden aproveita o tráfego de retardatários para atacar e tomar a liderança de Rossi. Logo após passar Rossi, Newgarden foi chamado pela Penske para entrar nos pits para reabastecimento e troca de pneus e devolveu a ponta ao piloto da Andretti.
Rossi deixou a ponta pouco depois, pois precisou entrar nos pits para trocar seus pneus que estavam muito desgastados e para reabastecer. Com isso a liderança passou às mãos de Robert Wickens.
Enquanto isso, Leist seguia em 17º seguido de perto por Kanaan, o 18º. Fittipaldi, que seguia em 23º, enfrentava problemas com a falta de combustível e para não ficar pelo caminho, começou a andar muito lento para conseguir entrar nos pits. Enquanto fazia sua parada, Fittipaldi acabou caindo para último.
Pouco antes da metade da corrida, programada para 90 voltas, Wickens, que começava a enfrentar problemas com o desgaste dos pneus, entrou nos pits e cedeu a liderança para Will Power, com Newgarden em segundo e Rossi em terceiro.
Na volta 50, Power entrou nos pits e devolveu a ponta ao pole position Alexander Rossi. Na volta à pista, Power e Newgarden quase se tocaram em uma disputa pela terceira posição, que acabou ficando com o atual campeão da Indy e companheiro do australiano na Penske.
Faltando 30 voltas para o final e mais de 20 segundos à frente do segundo colocado Robert Wickens, Rossi entrou nos pits para sua última parada nos pits e, enquanto trocava pneus e reabastecia seu carro, só foi superado pelo novato canadense.
Após a parada de Wickens, Rossi voltou à liderança para não mais sair e cruzar a linha de chegada na primeira posição, com o canadense em segundo e Power em terceiro.
Confira abaixo o resultado final da prova:

A próxima etapa da Indy acontece em 19 de agosto, com as 500 milhas de Pocono. Até lá!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]