Post Page Advertisement [Top]

O filho de Bryan Herta conseguiu vencer depois de uma batalha com Victor Franzoni pela ponta. O brasileiro conseguiu terminar a prova no pódio.
Dalton Kellett teve um problema na Curva 14, aos 10 minutos da sessão, causando um amarelo local. O veterano da Andretti Autosport conseguiu continuar, e a pista permaneceu verde. Franzoni estava na pole provisória no meio da sessão de meia hora. Logo atrás vinham Colton Herta, Santiago Urrutia, Aaron Telitz, Patricio O'Ward, Ryan Norman e Dalton Kellett.

Naquele momento da sessão, todos os sete pilotos vieram para os pits para novos ajustes e pneus. Levou algumas voltas para os pilotos aquecerem os pneus e as voltas começaram a cair faltando cinco minutos para o fim do treino, dando aos pilotos apenas duas ou três voltas rápidas para encontrar a volta perfeita.

Herta, Telitz, Norman e Kellet foram os primeiros pilotos a melhorar seus tempos de volta, mas não demorou muito para que os pilotos restantes fossem mais rápidos. Urrutia melhorou sua volta faltando apenas um minuto para o fim da sessão, mas Franzoni melhorou seu tempo e conseguiu a sua primeira pole na categoria.

A largada foi tranquila no sábado à tarde. Franzoni largou bem e conseguiu se manter na ponta, enquanto Urrutia não larga tão bem e é pressionado por Colton Herta. Mais atrás, Telitz conseguiu passar O'Ward, que ficou preso atrás de Urrutia na reta de largada, e Kellett passou Norman pelo mesmo motivo, assumindo o sexto posto na freada da curva um.

O próximo ponto de ultrapassagem é a curva cinco, e toda a pressão de Herta deu certo. Ele pressionou Urrutia, que embarrigou um pouco a curva cinco, o filho de Bryan Herta conseguiu colocar por dentro na saída da curva e completar a ultrapassagem na curva seis. enquanto isso, Telitz tentava segurar O'Ward, mas o mexicano conseguiu colocar por dentro e levar o quarto lugar na freada da curva cinco. O mexicano partiu para cima de Urrutia, pressionou por duas voltas até ultrapassar o uruguaio da mesma forma que passou Telitz e assumir o terceiro posto.

Assim se mantiveram por algum tempo. Franzoni segurava como podia Herta, enquanto ambos abriam um pouco de O'Ward e um bocado de Urrutia e Telitz, que abria de Ryan Norman (que repassou Kellett quando o canadense errou no Carrossel) e Kellett, que seguia sem ritmo de prova durante toda a sua vida a prova.


Franzoni vinha sendo pressionado por Herta, que vinha colado em sua asa traseira. Herta buscava a ultrapassagem pela liderança sempre na curva cinco, com Franzoni se posicionando sempre por dentro e freando tarde, enquanto Herta tentava se posicionar por fora e passar o brasileiro seja na curva cinco ou mantendo-se lado a lado e passar na curva seis. Herta tentou três vezes, na terceira, quarta e quinta voltas, mas Franzoni freava bem tarde e conseguia usar toda a pista, com Herta tendo de usar a zebra e perdendo velocidade para as curvas seguintes. 

Entretanto, na sexta volta tudo deu certo para Herta e ele conseguiu passar Franzoni por fora mesmo, assumindo a liderança da prova. Franzoni continuou bem próximo do líder mas, com o ar sujo de Herta, acabou errando na curva sete, pisando na grama e perdendo momento. O'Ward aproveitou e passou Franzoni na Carrossel, assumindo o segundo lugar da prova.

E nada mais aconteceu na corrida. Herta conseguiu se manter com um segundo e meio de diferença para O'Ward a maior parte do tempo, com o mexicano não conseguindo colocar lado a lado em nenhum momento. Franzoni focou em se manter no pódio e se defendeu de Urrutia, que estava próximo até a volta dez (de vinte totais), quando os pneus dos dois carros da Belardi começaram a perder desempenho e o brasileiro conseguiu se manter no pódio mais facilmente. Herta vence! O'Ward passa a linha de largada/chegada em segundo e Victor Franzoni se garante no pódio, em terceiro lugar.

Resultados e pódio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]