Post Page Advertisement [Top]

A Chevrolet anunciou que o Chevrolet Corvette ZR1 2019 será o pace car das 500 Milhas de Indianapolis desse ano, tradicional prova que será realizada em 27 de maio deste ano.

A 102ª edição da corrida será a 15ª vez em que um Corvette servirá como pace car. O carro do ano passado era um Corvette Grand Sport, e a última vez que um ZR1 liderou o grid foi em 2012, com Guy Fieri no comando do carro. Será a 29ª vez que um carro da Chevrolet assumirá o papel que remonta a 1948, quando um Fleetmaster Six conversível 1948 puxou os competidores.

Nenhum outro veículo serviu como o Pace Car mais do que o Corvette. Para celebrar a conexão do supercarro com a prova, o Corvette ZR1 2019 e os outros 14 Corvettes que atuaram na Indy 500 ficarão expostos na frente do Indianapolis Motor Speedway.

"A Chevrolet está orgulhosa por mais uma vez acompanhar as 500 milhas de Indianapolis", disse Steve Majoros, diretor de marketing da montadora à revista Racer. "O ZR1 é o Corvette mais potente e mais rápido de todos os tempos. É a escolha perfeita para guiar os pilotos".

Um fato curioso é que o Corvette ZR1 2019 possui 755 cavalos de potência, o que o torna relativamente mais potente que os atuais carros da Indy que variam entre 550 e 700 cavalos de potência, dependendo dos níveis de impulso. O Corvette ZR1 acelera de 0 a 100 km/h em 2,85 segundos e atinge a velocidade máxima de 341 km/h, tornando-se assim o Corvette mais rápido da história.


Fundada em 1911, ano da primeira edição da Indy 500, a história da Chevrolet se mistura com a história do Indianapolis Motor Speedway. O co-fundador da empresa, Louis Chevrolet, juntamente com os irmãos Arthur e Gaston, correram nas primeiras edições da Indy 500. Arthur Chevrolet disputou a prova em 1911, e Gaston Chevrolet venceu em 1920.

Fonte: IndyCar/Road Show/Motorsport

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]