• USF2000: Jose Sierra e Alex Baron começam com pole em St. Pete

    Dois pilotos inesperados conseguiram a pole para a primeira etapa da USF2000, com o mexicano conseguindo a pole da primeira prova e o francês da segunda prova. Após um treino não tão favorável para a primeira prova, os brasileiros brilham no segundo treino classificatório.
    Finalmente começou a temporada! A USF2000 começa em St. Pete com um grid gigantes de 25 carros e 13 pilotos estreantes, na primeira de sete etapas do ano. O fim de semana terá duas provas e, com isso, tivemos dois treinos classificatórios e um único treino livre de meia hora.

    Essa primeira meia hora de teste abriu as atividades em St. Pete e, nessa sessão vimos vários problemas com o transponder de vários carros, fazendo com que eles estivessem correndo na pista mas suas voltas não eram registradas. Esse foi o caso de Jamie Caroline (que é homem, por sinal), Russel McDonough, Keith Donegan, de Alex Baron e das duas mulheres este ano na categoria, Bruna Tomaselli e Sabre Cook.

    Além disso o treino foi interrompido por duas bandeiras vermelhas. Uma logo no comecinho da sessão quando Mathias Soler-Obel passou direto na curva quatro da volta de saída dos boxes e deixou o carro morrer, e no finzinho da sessão, quando Kory Enders passou direto na curva nove.

    Apesar dos vários problemas na sessão, ela mostrou um grande equilíbrio entre as equipes desse ano. Cape Motorsports, DEForce Racing e Pabst Racing apareceram na metade de cima da tabela, junto com Julian van der Watt (Team Pelfrey), o brasileiror Igor Fraga (Exclusive Autosport) e Darren Keane (Newman Wachs). Entretanto, esses tempos podem não revelar a realidade pelos vários problemas nos transponder dos carros.

    Na hora do almoço de sexta veio o treino classificatório da primeira prova, onde os pilotos correram por vinte minutos para fazer o tempo mais rápido possível. a sessão começou sendo liderada pelo novato Jamie Caroline, seguido por Kaylen Frederick e Igor Fraga, quando veio a primeira bandeira amarela com Russel McDonough rodando e parando sozinho na curva 11.

    A sessão recomeçou com apenas oito minutos para o fim, e vimos uma sucessão de mudanças na volta mais rápida, pois muitos pilotos colocaram pneus novos. O novato Kyle Kirkwood apareceu bem e revezava a melhor volta com Alex Baron e Kaylen Frederick até que, faltando poucos segundos para a bandeirada final, José Sierra achou a volta perfeita e conseguiu a pole da sessão, relegando Kirkwood e Frederick ao segundo e terceiro postos, respectivamente.

    Igor Fraga não teve tempo de fazer a última volta depois da bandeirada (a maioria dos pilotos que saíram na hora certa conseguiram dar uma volta a mais depois da bandeira vermelha, e conseguiram maior vantagem na classificação) e acabou permanecendo no quarto lugar. O brasileiro Lucas Kohl ficou preso no tráfego e não conseguiu melhorar sua volta nos últimos cinco minutos de sessão e acabou no décimo lugar, enquanto Bruna Tomaselli melhorou seu tempo em três décimos na última volta e subiu para a sétima fila na primeira prova.

    Para a segunda prova tivemos mais um treino classificatório de 20 minutos e, com o tempo de uma noite inteira para entender o que aconteceu ontem, o grid deu uma mudada. A sessão aconteceu quase sem incidentes, salvo uma bandeira vermelha no minuto final de teste, quando Colin Kaminsky ficou parado na reta entre as curvas três e quatro.

    Isso foi bom para os pilotos que não conseguiram fazer muito tempo de pré-temporada e, com os pilotos trabalhando nos seus acertos, alguns conseguiram melhorar bastante seu desempenho. Esse foi o caso de Alex Baron, Igor Fraga, Jamie Caroline e a dupla principal da Team Pelfrey (Bruna Tomaselli e Julian van der Watt) conseguiram brigar com os pilotos da Cape, Pabst e DEForce, formando um grande comboio em busca da liderança.

    Com o pessoal todo embolado e a experiência maior (de um ano de USF2000 e outro ano de Indy Lights), Alex Baron conseguiu a pole, superando um surpreendente (pelo menos para os americanos) Igor Fraga, que conseguiu levar a mediana Exclusive Autosport para o segundo lugar.

    Após uma fila inesperada, tivemos uma fila normal, com KirkWood e Lucas Kohl na terceira e quarta posições, respectivamente. As surpresas continuaram com Jamie Caroline, Julian van der Watt e a brasileira Bruna Tomaselli se classificando a frente dos quatro pilotos da DEForce e dos tr~es pilotos restantes da Pabst.



    A primeira corrida já aconteceu, com a segunda prova acontecendo pouco antes da prova da Indy. Até lá!!
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário