• Conor Daly finalmente consegue uma vaga para disputar a Indy 500

    Recentemente desapontado por ver todas as vagas em tempo integral da Indy serem ocupadas por outros pilotos, Conor Daly finalmente tem motivos para sorrir, afinal ele finalmente conseguiu um cockpit para entrar na disputa da 102º edição das 500 Milhas de Indianapolis.

    Conor vai pilotar o carro #17 da Dale Coyne em parceria com a Thom Burns Racing (descubra o que é isso no final da matéria) e será patrocinado pela Força Aérea dos Estados Unidos. Será a quinta participação do piloto americano na Indy 500.

    "Estamos muito felizes por ter Conor de volta para a Indy 500. Ele já fez um trabalho muito bom conosco anos atrás, esperamos que siga assim no IMS. Também estamos bem ansiosos para trabalhar ao lado da Thom Burns e estamos extremamente satisfeitos e honrados por representar o a Força Aérea dos Estados Unidos", disse Dale Coyne, dono da equipe.

    A pintura vai ser essa.

    Na prática, Conor é o quarto piloto da equipe inscrito na prova, juntando-se a Sebastien Bourdais, Pippa Mann e o novato brasileiro Pietro Fittipaldi.

    "Não consigo agradecer o suficiente ao Dale Coyne pela oportunidade e também ao pessoal da Thom Burns pela chance real de estar na 102ª edição da Indy 500. Isso tudo ao lado de uma equipe muito competente que é a Dale Coyne, já os conheço bem e sei do potencial. Acho que podemos brilhar", disse Conor.

    A Burns, empresa de desenvolvimento imobiliário baseada em Indianápolis, está lançando a Thom Burns Racing depois de se associar com várias inscrições das 500 Milhas ao longo dos últimos 30 anos. A sua parceria mais recente foi na edição de 2016, onde se juntou à Buddy Lazier (foto abaixo).


    A Indy 500 será realizada no dia 27 de maio.

    Fonte: Autoweek
  • POSTAGENS RELACIONADAS

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário